Agronegócio

ABPA: Crise econômica não deve afetar de forma relevante carnes de frango e suína

São Paulo, 29/09 – A Diretora Técnica da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Sula Alves, afirmou que a crise econômica decorrente da pandemia do coronavírus não deve afetar de forma relevante as carnes de aves e suína, em função de serem produtos mais acessíveis. A executiva participou nesta terça-feira de webinar promovido pela entidade em parceria com a BioMériux para discutir a Pandemia e a Indústria de Proteína Animal.

Segundo Alves, nesse momento de retração no poder aquisitivo dos consumidores, a carne de frango, em especial, acaba tendo vantagem no mercado. “Nós vimos uma mudança de comportamento, não só por causa da menor renda, mas também pela necessidade de cozinhar mais em casa. Isso levou a uma substituição de cortes mais caros e produtos de maior valor agregado para proteínas mais baratas”, acrescentou ela.

Veja também

+ Confira 4 dicas para descobrir se o mel é falsificado

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ MG: Pastor é preso por crime sexual e alega que caiu em tentação

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Telefone de jornalista argentino roubado ao vivo em Buenos Aires

+ Márcia Bonde divulga vídeo e deixa fãs sem fôlego

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Educar é mais importante do que colecionar