Esportes

Abel Braga mantém mistério em escalação do Cruzeiro para jogo contra o Avaí

O Cruzeiro fez o último treinamento neste domingo para o chamado jogo de “vida ou morte” contra o Avaí, que acontece nesta segunda-feira no Mineirão, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o empate do Fluminense no sábado diante do Atlético-MG no Maracanã por 1 a 1, o time mineiro voltou momentaneamente à zona de rebaixamento da competição, agora em 17.º lugar, com os mesmos 35 pontos dos cariocas e desvantagem no número de vitórias (9 a 7).

Para a partida desta segunda-feira, o técnico Abel Braga, que comandou mais um treinamento fechado à imprensa neste domingo, terá condições de manter a base de uma escalação que vem segurando a invencibilidade da equipe já há 10 rodadas (três vitórias e sete empates).

Ele só não poderá contar com o zagueiro Dedé, que se recupera de uma cirurgia no joelho direito, e o meia Rodriguinho, que recentemente passou por uma retirada de uma hérnia e só poderá voltar a jogar no ano que vem.

Já o atacante Sassá tem totais condições de jogo depois de cumprir suspensão no clássico diante do Atlético-MG na última rodada. Ele disputa vaga no comando do ataque com Fred, que marcou apenas cinco vezes e não vai às redes desde a vitória da equipe diante do Corinthians em São Paulo, no último dia 19 de outubro.

Outros dois atletas têm alternado presença no setor ofensivo e estão cotados para a partida desta segunda-feira: o experiente Robinho, que tem melhor qualidade no passe, e David, jovem da base que cai bem na equipe quando a aposta estratégica é na velocidade.

O restante da escalação deve seguir a base que tem ido a campo nos últimos compromissos do time mineiro: Fábio; Orejuela, Fabrício Bruno, Cacá e Dodô; Henrique, Éderson, Marquinhos Gabriel, Thiago Neves e Robinho (David); Fred (Sassá).