Um ofício com a assinatura de 500 pessoas foi protocolado na Prefeitura do Rio de Janeiro requisitando a lista dos mil convidados VIPs escolhidos pela gestão de Eduardo Paes (PSD) para o show de Madonna no sábado (4). Os VIPs ficarão numa seção reservada – e cercada com tapumes de 2m – em frente ao palco da cantora.

O abaixo-assinado foi organizado por um morador de Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, o empresário Kau Magno. Os mil convites compõem uma das contrapartidas para o patrocínio de R$ 10 milhões que o município pagou para a agência de eventos que trouxe Madonna.

A Prefeitura mandou uma nota para a coluna rechaçando a informação:

“A Prefeitura do Rio informa que não solicitou e não fará distribuição de ingressos para o show da Madonna. Vale ressaltar que o evento é gratuito, aberto ao público e que a produção, organização e gerenciamento dos acessos às diferentes áreas do evento são de exclusiva responsabilidade dos organizadores do evento”

Mas tivemos acesso a um contrato entre a agência de eventos e a gestão municipal que prova, numa cláusula, a cessão dos ingressos como contrapartida. Confira na imagem em destaque.

Abaixo-assinado cobra Prefeitura do Rio nomes da lista de mil VIPs do show de Madonna