Em Cartaz

A tecnologia encontra a arte

A tecnologia encontra a arte

“Consciência Cibernética [?] Horizonte Quântico” propõe uma leitura da fusão da arte com a tecnologia. Em três andares, a exposição traz instalações e obras artísticas construídas a partir de máquinas e robôs dotados de inteligência artificial. São nove trabalhos de oito artistas da Áustria, Brasil, Estados Unidos, Reino Unido, Suíça e Turquia e França, como “CoAIXistence”, de Justine Emard (acima). O visitante é convidado a interagir com uma robô-mulher que dança e dialogar com lâmpadas e outras engenhocas. Itaú Cultural, de 27/3 a 19/5.