Em Cartaz

A religião segundo Bethânia

Crédito: Divulgação

O longa-metragem “Fevereiros” segue a cantora Maria Bethânia do desfile vitorioso da Mangueira em 2016 até sua cidade natal, Santo Amaro, onde ela passa os carnavais. No trajeto, o diretor Marcio Debellian decifra alguns mistérios em torno da religiosidade da artista. “Seu sincretismo junta candomblé, devoção católica e sabedorias dos índios”, diz. O filme traz depoimentos, como do irmão Caetano Veloso: “Bethânia é uma voz atada à música através da poesia”.

Veja também

+ Por falta de provas, Justiça nega pedido da defesa da ex-mulher do atacante Dudu
+ Namoro de Angela Ro Ro chega ao fim e ela desabafa: “Fui traída e usada”
+ Cantora Patricia Marx se assume lésbica aos 46 anos de idade
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior