Gente

A poderosa Yasmin Brunet

Crédito: @planetgirls/instagram

Na época da Olimpíada de Tóquio, a modelo e influenciadora Yasmin Brunet viveu dias de vilã. Impedida de viajar com o marido, o surfista Gabriel Medina, ela criticou a organização dos jogos.

+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Gabriel Medina apaga tatuagem feita para Leticia Bufoni; Yasmin Brunet desabafa após polêmica
+ Site afirma que Yasmin Brunet foi vetada das Olimpíadas por estar grávida

Alegava que era parte da equipe técnica e que sua presença era essencial para o bom desempenho do atleta. Todo mundo achou que era exagero.

Pelo visto, porém, ela faz a diferença: Yasmin acompanhou Medina no Campeonato Mundial de Surf, na Califórnia, e ele voltou de lá com o título de tricampeão mundial na bagagem.

Além disso, ainda ajudou o marido a se reaproximar do pai, a quem visitava sem que ele soubesse.

Na carreira pessoal, ela também não para: como uma das mulheres mais bonitas do Brasil, a modelo de 33 anos promove um produto atrás do outro e acaba de renovar sua coleção junto a uma marca de roupas que virou objeto de desejo das adolescentes. Poderosa!

Cristo protege os apaixonados

Guto Costa

Abertos e simpáticos com os fãs, o cantor Diogo Nogueira e a atriz Paolla Oliveira são o novo casal 20 das celebridades brasileiras.

Em um arroubo de sinceridade, ela chegou a dizer que é “bom fazer sexo todo dia”. Como nem só de prazer vive o homem, no entanto, o sambista trabalha na divulgação de seu disco mais recente.

Em meio a tudo isso, foi escolhido para ser o locutor em uma homenagem aos 90 anos da construção do Cristo Redentor, parte de uma campanha que será veiculada na Globo.

“Não é à toa que a estátua é uma das maiores maravilhas do mundo. Acolhe a todos e nos faz sentir abraçados”, afirmou. Com o sucesso em alta e o amor da bela atriz, Diego Nogueira só tem mesmo a agradecer.

Brigas nos bastidores de ‘Grey’s Anatomy’

Uma das séries mais amadas do Brasil está dando o que falar. Um livro recém-lançado nos EUA, “How to Save a Life: The Inside Story of Grey’s Anatomy”, da jornalista Lynette Rice, conta em detalhes os bastidores das gravações.

Uma das mais longevas da TV americana, com 17 temporadas, a atração ficou conhecida por substituir os personagens principais por meio de “mortes misteriosas”.

Foi o caso do ator Patrick Dempsey, que sofreu um acidente de carro (na ficção) e sumiu no meio da trama, sem grandes explicações.

Lynette revelou que Dempsey era um empregado tóxico e que chegou a brigar fisicamente com o colega Isaiah Washington. Dempsey, para se defender, disse que o ocorrido só aproximou a equipe: “Ninguém vazou nada, todo mundo lidou com a situação e seguiu com a vida”, confessou.

Ela não está nem aí para política

Apesar dos escândalos de corrupção que envolvem seu marido, o ex-presidente francês Nicolas Sarkozy, a cantora e ex-modelo Carla Bruni não parecia muito preocupada quando encerrou de maneira triunfal um dos desfiles mais importantes da semana de moda em Paris. Aos 54 anos, longe das passarelas há mais de vinte anos, Carla fez a plateia suspirar com sua elegância – e o corpo perfeito, claro. Na plateia, babando ao lado de outras celebridades internacionais, estava o craque brasileiro Neymar Jr.

Do Pantanal ao festival

Marcelo Corrêa

Uma das vozes mais atuantes do movimento LGBTQIA+, a atriz Bruna Linzmeyer é uma verdadeira workaholic. Além de um papel de destaque na nova versão da novela “Pantanal”, ela torce por um prêmio para seu curta “Uma Paciência Selvagem me Trouxe até Aqui” , que compete no Festival Internacional de Cinema de Curitiba. Filmado em 2019 com a participação da cantora Zélia Duncan, a produção revela que Bruna não se garante apenas nos papeis de mocinhas ou vilãs das novelas da Globo, mas que tem força para mostrar suas escolhas pessoais também na ficção.

Talento até na mesa de negociação

Toby Melville

A atriz Scarlett Johansson provou que não é apenas uma ótima atriz, mas uma craque na arte da negociação: resolveu o processo milionário que movia contra a Disney antes mesmo de ele ir a julgamento. Na disputa, a atriz alegou que a empresa havia quebrado o contrato ao exibir “Viúva Negra” no streaming ao mesmo tempo em que filme chegava aos cinemas. Como ela tem participação na bilheteria, reclamou que a estratégia da Disney prejudicou seus rendimentos. “Estou incrivelmente orgulhosa do trabalho que fizemos juntos ao longo dos anos e apreciei muito meu relacionamento criativo com a equipe”, afirmou ela, em nota. Infelizmente para os curiosos, os termos – e valores – do acordo não foram divulgados.