Farol ISTOÉ

A pistola de Eduardo Bolsonaro

Crédito: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

ROMARIA O deputado federal, de mão estendida, gasta solas dos sapatos no Senado atrás de apoio: o mínimo esperado são conversas republicanas nos gabinetes e não troca de favores (Crédito: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

O deputado Eduardo Bolsonaro, aspirante a embaixador do Brasil em Washington, foi visitar o pai no hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo. Até aí tudo bem. Ocorre que na imagem divulgada em seu Twitter, o 03 do presidente da República aparece ostentando uma pistola na cintura. Como ex-escrivão da PF, ele não está ilegal. A pergunta é: por que o filho do presidente precisaria ir armado a um hospital? A fotografia foi feita no quarto em que Bolsonaro foi operado para corrigir uma hérnia. Já seus filhos são mesmo incorrigíveis.