Comportamento

Pandemia aumenta o uso de delineadores e valoriza os olhos

Com a proteção facial adotada amplamente pela população, a volta ao trabalho presencial e a reabertura de espaços culturais revelam uma tendência: a valorização dos olhos, desenhados com delineadores e repletos de cores

Crédito: GABRIEL REIS

PERSONALIDADE A vendedora Micaela Babata aposta nos tons fortes: “Meus olhos definem quem sou” (Crédito: GABRIEL REIS)

O delineador – um leve risco, geralmente preto, logo acima dos cílios – é um clássico da maquiagem. Usado desde o antigo Egito, ganhou fama em alguns dos olhos mais famosos do mundo, como Elizabeth Taylor e Marilyn Monroe. O chamado olhar “gatinho”, usado como marca registrada em celebridades como Ariana Grande e Beyoncé, passou por uma repaginação em tempos inéditos de pandemia. Se as máscaras seguem obrigatórias, os olhos acabam se tornando a janela do estilo. “Estamos vivendo um momento de muita liberdade na maquiagem, as pessoas estão se sentindo mais à vontade para usarem brilho, cor e texturas diferentes”, explica Priscilla Luna, maquiadora nacional da grife francesa Lancôme. Para ela, uma das coisas que os dois anos de Covid-19 evidenciam, é que não existe mais maquiagem “para o dia” e “para a noite”. Ou seja, não há problema algum em abusar de cores chamativas e até de brilho, caso o estilo se encaixe com a sua personalidade.

ESTILO Uso de delineadores com grafismos é tendência do verão. Ao lado, a maquiadora Carol Carvalho com a modelo Janaina (Crédito:GABRIEL REIS)

Se antes as cores que predominavam eram o preto e o marrom, com os tons ultra-coloridos aparecendo apenas no Carnaval, agora as coisas são diferentes. O azul e o verde, mesmo que em tonalidades neon, tornaram-se comuns no dia a dia das grandes cidades. Basta entrar em um metrô ou shopping center para observar a diversidade de cores nas frequentadoras. Há ainda os cílios postiços e a perfeita simetria das sobrancelhas. Embora não precisem ser usados em conjunto, a tríade do olhar nunca foi tão explorada fora do ambiente noturno ou de festas.

A moda e as pálpebras

Outra mudança recente que tornou esses produtos populares foi a maneira com que são aplicados. As embalagens dos delineadores do passado tornavam a aplicação do produto complexa e um mero tremor das mãos arruinava o visual. Hoje existem diversas maneiras de aplicar o produto, na forma de lápis ou através de diversos pincéis que dão firmeza para quem o aplica. Por isso, ficou mais fácil se maquiar rapidamente e ir ao trabalho, por exemplo. O mesmo acontece com os cílios e suas diversas técnicas de alongamento: o artificial ou apenas o rímel em parceria com um curvex.

Divulgação

A vendedora Micaela Yukari Babata, de 37 anos, diz que sempre gostou de maquiagem. “Quando criança via minha mãe usando e queria imitar. Na adolescência usava apenas o delineador e batom”, diz. Com as cores que adotou, parece muito mais jovem do que é, e chama a atenção por onde passa, seja com um forte tom de roxo ou apenas uma cor leve nas pálpebras. “Por ser oriental, meus olhos definem muito quem eu sou. Através deles também consigo demonstrar que é possível fazer makes que ‘apareçam’ no meu formato de olhos”, explica. Ela diz ainda que suas cores favoritas são o rosa e o laranja e quando os usa, opta por uma roupa preta. Ou seja, é possível ser discreta e abusar das tonalidades.

A pintura, tanto facial como corporal, faz e fez parte de diversas culturas ao redor do globo. A moda agora é o desenho nas pálpebras, riscos que se encontram, linhas paralelas e até formas triangulares passam a fazer parte de quem adotou o delineador. Para o trabalho, por exemplo, é possível aplicar tons terrosos, um tom acima ou abaixo ao da cor de sua pele. Há quem goste até de comprar máscaras cirúrgicas coloridas para combinar com a maquiagem escolhida.

“As pessoas estão se sentindo bastante à vontade para usar brilhos e texturas diferentes” Priscilla Luna, maquiadora da Lancôme

A maquiadora Carol Carvalho, de 40 anos, diz que suas clientes estão preocupadas com a harmonia do olhar, principalmente das sobrancelhas. Porém, esqueça aqueles desenhos em formato de tatuagem, a beleza está na naturalidade. “O delineador pode ter vários formatos, ser leve ou ir além, com grafismos e cores fortes. O traçado também pode ser fino ou mais cheio, depende do gosto da cliente”, diz. Acostumada a atender celebridades do mundo do entretenimento, acredita que o grafismo será a tendência do verão brasileiro. “É uma novidade que tem aparecido muito nos tapetes vermelhos e nas influenciadoras, fora que é algo diferente, não é só a cor, é o desenho também”, conclui.