Brasil

Presidenciáveis abrem guerra pelo voto nordestino

Pré-candidatos tentam quebrar a hegemonia do PT na região que desde os anos 1990 é decisiva para definir os próximos presidentes

Crédito:  Ricardo Stuckert

CARAVANA Lula em Altos (PI): diálogo com os coronéis e empatia com o povo (Crédito: Ricardo Stuckert )

Ganhar a eleição significa conquistar o Nordeste. Segundo maior colégio eleitoral do País, com mais de 40 milhões de eleitores, a região desempenha um papel-chave no pleito. Isso favorece o atual líder das sondagens, Lula, que sempre soube capitalizar politicamente sua alcunha de “filho de Garanhuns”. O petista bateu os 60% de votos na região em 2002 (nunca um político tinha alcançado essa marca em nenhuma região) e surfa nos votos nordestinos desde que criou o Bolsa Família nos anos 2000, abafando o escândalo do Mensalão (lá, o programa social ainda é responsável pela maior parte do Orçamento de várias cidades). Depois, ele ainda lançou as obras de transposição do rio São Francisco, o que ajudou a sedimentar sua figura no imaginário popular. Além de garantir um apoio sólido nos 13 anos petistas, o Nordeste também foi importante para garantir a candidatura Fernando Haddad nas eleições de 2018 (foi a única região em que o PT derrotou Bolsonaro no segundo turno, com 69,7% dos votos válidos). Mesmo na sua pior fase, o PT tem quatro governadores locais (Bahia, Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte), além de dois aliados próximos do PSB em Pernambuco e no Maranhão.

Lula tem o maior índice de intenção de votos no Nordeste, ao contrário do presidente. O governo tem a pior avaliação na região

Bolsonaro sabe que depende do Nordeste para ganhar um segundo mandato, mas continua agindo de modo errático. Precisa superar o prejuízo de imagem com o desdém que mostrou nas enchentes históricas na Bahia, em dezembro. Na oportunidade, preferiu continuar se divertindo em Santa Catarina. Agora, ele planeja mergulhar na região e escolheu exatamente uma das bandeira de Lula, as obras de transposição das águas do Rio São Francisco, no Rio Grande do Norte, como primeiro evento, no próximo dia 9. É apenas a primeira de uma série de inaugurações na região. Mas a principal aposta é exatamente outro símbolo da era petista, o Bolsa Família, agora rebatizado de Auxílio Brasil. Essa tentativa eleitoreira de cooptar o programa social acendeu o alarme no PT no início, mas hoje parece um risco controlado.

TRANSPOSIÇÃO Bolsonaro em Sertânia (PE), em fevereiro passado (Crédito:Alan Santos/PR)

O presidente não consegue fortalecer laços políticos, apesar de ter se aliado a caciques locais do Centrão. E já enfrenta defecções. O presidente do PP em Pernambuco, deputado Eduardo Fonte, não esconde que apoiará Lula, mesmo que isso contrarie os líderes do seu partido: o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, e o presidente da Câmara, Arthur Lira. Ambos estão à frente da campanha de reeleição de Bolsonaro. Apoiar o chefe do Executivo é um mau negócio pela baixa popularidade dele entre os nordestinos. Segundo pesquisa SENSUS/ISTOÉ realizada em novembro, a pior avaliação do governo Bolsonaro é justamente no Nordeste (17,6%), contra uma média nacional de 23,5%. No voto estimulado, o presidente também tem lá a sua pior performance (17,4%), com uma média nacional de 24,2%. É o contrário do que acontece com Lula. O petista tem seu maior índice de intenção de votos na região (57,3%), para uma média nacional de 42,6%.

Ciro, Doria e Moro

O cientista político Adriano Oliveira considera que os bons números de Lula refletem a percepção ainda presente de que o petista levou o Estado para uma população que via o governo ausente. As principais demandas do nordestino são “renda, consumo e emprego”, avalia. Ele pensa que hoje Ciro Gomes seria o candidato natural da região, não fosse a volta de Lula à corrida eleitoral. Mas o pedetista, cuja família tem forte base eleitoral no Ceará, tem perdido espaço nas articulações com outros partidos. O acordo dele com o PSB era visto como favas contadas especialmente em Pernambuco, estado em que as famílias Campos e Arraes têm tradição na política. Mas o partido avançou em suas negociações com Lula, deixando o apoio a Ciro pelo caminho.

A busca estratégica pelo voto nordestino também mobiliza os outros pré-candidatos. Filho de pai baiano, João Doria, diz que iniciará sua campanha pelo estado, provavelmente no início de abril. O tucano tem dito que há um componente emocional, mas também precisa cair nas graças dos eleitores locais. Durante as prévias do PSDB, Doria visitou vários estados e falou sobre a obra da Transnordestina, uma ferrovia que ligará os portos de Pécem (Ceará) e Suape (Pernambuco). “A obra mais cara que existe no governo é obra parada, não realizada”, disse o presidenciável, prometendo solução. Doria ainda afirmou que “o Nordeste não precisa de piedade. Precisa é de oportunidade, respeito e desenvolvimento”.

Bolsonaro não consegue fortalecer laços políticos e já enfrenta defecções entre aliados do Centrão

Com menos vivência na política, o ex-juiz Sergio Moro escalou o deputado Julian Lemos (PSL) para ciceronear sua visita à Paraíba, no início de janeiro. Lemos foi o coordenador da campanha de Bolsonaro no Nordeste, em 2018, mas hoje é seu desafeto. Em fevereiro, Moro irá ao Ceará, Sergipe e Piauí. Habituado à privacidade dos gabinetes, Moro já tomou um banho de povo e vestiu um tradicional chapéu de coro em visita à região. Só falta repetir o gesto do ex-presidente Fernando Henrique nos anos 1990, que teve um batismo de fogo ao comer uma tradicional buchada de bode (na época, o tucano se associou aos políticos da região para poder governar).

Os eleitores nordestinos têm ainda uma influência que reflete em outras regiões. Os migrantes espalhados por todo o País mantêm uma ligação sentimental muito forte com sua origem e familiares que ficaram. Realizações que impactam na região mobilizam os votos dos parentes que, por vezes, sonham em voltar a morar na terra natal. Por enquanto, Lula está ganhando a luta pelos corações e mentes dos conterrâneos. O petista se dá bem porque conhece os códigos seculares da região, sabe negociar com os coronéis (de todos os quadrantes, como se viu) e tem facilidade de comunicação com as camadas populares (habilidade que Bolsonaro também tem, mas não consegue exercer lá). O PT soube atrair as elites locais por meio de coalizões e distribuição de verbas. Essa vantagem competitiva precisará ser superada por qualquer um que queira se instalar no Planalto no próximo ano.

Tópicos

bolsonaro hoje Como ficou o auxílio emergencial para quem recebe Bolsa Família? Como saber se tenho direito ao Bolsa Família? Como se fala com o Presidente? Eduardo Bolsonaro escolaridade de lula fábio luís lula da silva fernando haddad 2022 fernando haddad biografia fernando haddad contato fernando haddad foi um bom prefeito fernando haddad nome completo fernando haddad oficial fernando haddad twitter fernando haddad usp idade da namorada do lula jair bolsonaro facebook jair bolsonaro idade jair bolsonaro instagram jair bolsonaro na praia grande jair bolsonaro partido jair bolsonaro twitter lula hoje lula instagram lula namorada lula oficial ao vivo lula tem ensino médio Quais as principais características dos governos do presidente Lula? Quais cargos Lula já ocupou? Qual a formação do Eduardo Bolsonaro Qual a origem de Bolsonaro? Qual a profissão de Eduardo Bolsonaro Qual é a descendência de Jair Messias Bolsonaro? Qual é o valor do Auxílio Brasil 2022? Qual o cargo de Flávio Bolsonaro? Qual o endereço do Presidente da República? Qual o novo valor do Bolsa Família? Qual o valor do Bolsa Família para 2021? Qual será o novo valor do Bolsa Família em novembro? Qual vai ser o valor do Bolsa Família em novembro? Qual valor do Bolsa Família 2022? Quando Lula entrou para presidente? Quantas parcelas tem o Auxílio Brasil? Quantas vezes Lula disputou as eleições? Quanto tempo dura o mandato do Jair Bolsonaro? Quanto tempo faz que Jair Bolsonaro é presidente do Brasil? Quantos anos tem a esposa de Jair Bolsonaro? Quantos filhos o Jair Bolsonaro tem? Quantos votos Lula teve na segunda eleição? Quem é a esposa de Flávio Bolsonaro? Quem é a primeira esposa de Jair Bolsonaro? Quem era o presidente antes de Lula? Quem foram os presidentes do PT? Quem recebe o Bolsa Família vai continuar recebendo auxílio emergencial? Quem recebe o Bolsa Família vai receber o auxílio emergencial em 2021? Quem tem Bolsa Família vai receber quanto do auxílio emergencial? Quem tem direito ao Bolsa Família 2022? Vai ter aumento do Bolsa Família em 2021? Vai ter aumento do Bolsa Família em novembro?