ISTOÉ Gente

“A gente está se aguentando”, diz Ana Maria Braga sobre quarentena com o marido

Crédito: Reprodução TV Globo

Durante uma live no Instagram com jornalista Manoel Soares na última quarta-feira (19), Ana Maria Braga falou sobre sua rotina neste período de quarentena devido à pandemia do novo coronavírus. A apresentadora, que casou recentemente com o francês Johnny Lucet, fez muitos elogios a companhia do amado.

“Me casei em fevereiro, com aliança e tudo. Uma pessoa linda, uma pessoa que não é do Brasil, mas adora a cultura brasileira, tem se integrado muito bem”, relatou a loira.

Veja também:
César Tralli tira sarro com convite de Mourão para Leonardo Di Caprio vir ao Brasil
Thiaguinho está vivendo affair com bailarina do Faustão, segundo colunista

No bate-papo, Ana ainda contou como a relação tem sido muito boa e lamentou não poder ver os netos. “Você vê que deu tão certo que pra ficar de quarentena com alguém que você não consiga se relacionar direito é muito esquisito, e a gente está se aguentando nesses quatro meses quase sem sair de casa, sem ver pessoas, podendo ver meus netos de longe, de máscara”, concluiu.

 


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Boletim médico de apresentador da RedeTV! indica novo sangramento no cérebro
+ Yamaha se despede da SR 400 após 43 anos de produção
+ Cientista desvenda mistério do monstro do Lago Ness. Descubra!
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel