ISTOÉ Gente

A Fazenda: ‘Minha voz não tem poder’, diz Erika ao perceber que peões não a obedecem

Crédito: Reprodução

Fazendeira da semana no reality “A Fazenda 13″, Erika Schneider está incomodada com o machismo dos participantes. Durante uma conversa com Mileide Mihaile e Marina Ferrari, Erika afirmou que os homens não gostam de obedecê-la.

Atriz que foi vítima de transfobia disse que agressor gritou: ‘Você não é de Deus’


‘Tem que transar para ser menos estúpido’, diz escritora da ‘Bíblia do Sexting’ sobre Bolsonaro

“Eu percebo que tem gente que não escuta. A minha voz não tem muito poder, as vezes eu percebo… para algumas pessoas. Nada muito diferente do que acontece lá fora, na vida. Difícil uma mulher estar no poder. E as vezes para alguns homens aceitarem e receberem ordens, ou delegar funções”, desabafou. “Tem homens que não aceitam a mulher ser superior”, concordou Marina.

“Na vida isso é muito comum. Muitos homens se sentem inferior ou não aceitam receber ordens. Ficam olhando torto. Eu senti isso no dia que eu assumi e tava lá embaixo e vi alguns olhares. E que às vezes tá embutido, eu senti, não vou mentir. Eu tenho que falar várias vezes e eu vejo gente falando que mudei, não é!”, finalizou Erika.