Gente

A diva mais bem paga

Crédito: Matt Winkelmeyer/Getty Images/AFP

Scarlett Johansson, de 34 anos, foi eleita na lista anual da revista Forbes, pelo segundo ano consecutivo, como a atriz mais bem paga do mundo. Em 2019 ela ganhou US$ 15 milhões de dólares a mais que no ano anterior. O principal responsável pelo crescimento dessa cifra é o filme “Vingadores: Ultimato”, último da série, trabalho pelo qual recebeu a singela remuneração de US$ 35 milhões. E vem mais em 2020. Em maio ela estará nas telonas no filme “Viúva Negra”. Nascida em Nova York, Johansson é filha de um arquiteto dinamarquês e sua mãe tem origem judaica e polonesa. Além do excepcional talento como atriz, ela já foi considerada a mulher mais sexy do mundo e é dona de uma beleza exótica. Todos esses atributos, no entanto, não fazem sua fortuna chegar perto da remuneração do ator mais bem pago do ano. Dwayne Johnson recebeu US$ 89,4 milhões, ou seja, US$ 33,4 milhões a mais que a diva, o que mostra que a disparidade salarial entre homens e mulheres continua grande.

O segredo do sucesso

Divulgação

Para o empresário Wander Cavarzan, CEO da Bonanza Agronegócios, o segredo do sucesso mora nas virtudes. São elas que ele busca ao administrar a carreira de cantores de música sertaneja. Em seu leque de artistas está a cantora Paula Mattos e a dupla Adriano Martins e Rafael. E ao lado de Marrone ele empresaria Breno Ferreira, sobrinho do cantor.

Como começou a parceria com Marrone?
Um amigo nos apresentou há dois anos e nasceu uma grande amizade. A sociedade está bombando. O Breno Ferreira é um cantor espetacular, vem sendo treinado pelo Marrone desde os 11 anos e tem muita presença de palco.

Qual o segredo para a carreira artística decolar?
O produto tem de ser de qualidade, mas é fundamental que o artista queira esse trabalho. Não é nada fácil, precisa se dedicar e se privar de muita coisa na vida. Se a pessoa não estiver voltada para Deus, se perde no meio do caminho.

Como assim?
É um mundo de muitas tentações. O artista precisa focar na carreira, é fácil se perder. Qualquer música que estoura, vêm mulheres, bebida, e isso acaba com tudo se não tiver a cabeça no lugar. Para se perpetuar precisa de honestidade, se não o sucesso é passageiro.

Entre Brasil e Estados Unidos

RODRIGO LOPES

O ator e comediante Leandro Hassum, 45, está sempre no aeroporto. Pai e marido dedicado, vive entre o Brasil, onde realiza seus trabalhos como artista, e os Estados Unidos, onde mantém negócios e mora com a filha e a esposa, Karina Gomes, com quem está casado há 21 anos. Agora, passa uma longa temporada no Brasil, repleta de gravações e estreias, como do filme “O amor dá trabalho”, que chegou às telonas na quinta-feira 29. No longa, Hassum vive Anselmo, funcionário público que morre e tem de cumprir uma missão para se livrar do inferno. “Ele não maltratava ninguém, mas também não ajudava ninguém. Apesar de ser uma comédia, é uma lição”, diz ele, que também está no teatro com “#Rindo com Hassum” e na TV com o programa “Tá pago”, na TNT.

Namoro ou amizade?

Divulgação

Os cantores Camila Cabello, 22, e Shawn Mendes, 21, pararam o VMA 2019 na segunda-feira 26. Com entrosamento ímpar, a dupla cantou “Señorita” em uma apresentação hipersensual e romântica. Há meses os dois vêm sendo vistos juntos e de mãos dadas, mas nunca assumiram nada mais que uma amizade. Fica a dúvida.

Cleo empoderada

Divulgação

A atriz e cantora Cleo foi vítima de gordofobia em suas redes sociais após aparecer em uma foto com um corpo mais curvilíneo, mas deu uma resposta à altura: “O estado do meu corpo interfere na sua vida? Assim, só pra eu saber…”, postou em seu Instagram. Ela revelou que tem compulsão alimentar como consequência de pressões que sofreu na infância para ser magra.
Bem resolvida, no entanto, sua voz representou milhares de mulheres que sofrem críticas por terem um corpo fora do “padrão”.