Esportes

A bola da vez? Dinâmico e criativo, Cazares ganha mais força para se firmar no Fluminense

Equatoriano ajuda a renovar os ânimos do Tricolor das Laranjeiras na etapa final do 1 a 1 com o Flamengo e está com moral com Roger Machado: 'Saímos com mais lucidez'

A bola da vez? Dinâmico e criativo, Cazares ganha mais força para se firmar no Fluminense

disse Roger Machado (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC


A maneira como Cazares embalou o Fluminense no decorrer do empate em 1 a 1 com o Flamengo, no jogo de ida da final do Carioca, pode traçar um novo caminho para o meia nas Laranjeiras. Lançado no lugar de Nenê no intervalo, o equatoriano já fez o técnico Roger Machado indicar que a equipe pode mudar sua rotação para as próximas partidas.

– Tudo é possível – destacou o comandante.

Lançado no lugar de Nenê após uma etapa inicial na qual a equipe tricolor pouco incomodou a defesa rubro-negra, o camisa 11 aumentou a qualidade do meio com versatilidade. Além de municiar com mais precisão a linha de frente, Cazares tornou as trocas de passes e lançamentos mais rápidas. Inclusive, foi mais cirúrgico ao tentar alçar bolas para a área adversária.

> Confira os jogos da Libertadores aqui!

Seu estilo voluntarioso rendeu elogios do técnico do Tricolor das Laranjeiras.

– Cazares tem a característica de descer um pouco mais para dentro do campo e articular essa bola lá de trás. Nós conseguimos sair com um pouco mais de lucidez à medida que o Cazares, pela sua característica, fez um jogo diferente do que nós precisávamos no primeiro tempo – disse Roger Machado.

+ Sabrina Sato aparece com micro biquíni e surpreende seguidores

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça

O fato do equatoriano partir mais para cima dos adversários contribuiu para o Fluminense deixar a zaga do Flamengo mais desnorteada.

A boa pontaria de Cazares na bola aérea também culminou no gol de empate. No rebote de um escanteio que ele cobrou, Egídio alçou para a área e, após desvio de Luiz Henrique, Abel Hernández igualou o placar no Maraca.

O desempenho seguro aumentou a moral do Fluminense. Porém, Roger Machado adota a cautela ao falar sobre qual caminho será o escolhido.

– O Nenê tem contribuído dentro de sua característica. É um dos assistentes da temporada. Tem nos ajudado quando está em campo. E o Cazares e Paulo (Henrique Ganso) têm entrado bem – mas, depois despista:

– O grupo não é fechado entre os 11 – completou.

Cabe a Cazares se impor para achar de vez seu espaço entre os titulares.

Veja também
+ Mãe de Eliza Samudio diz que Bruno não paga pensão e que filho do goleiro se sente culpado pelo crime
+ Deputado dos EUA sugere mudar órbita da Lua para combater aquecimento
+ Baleia 'engole' pescador nos EUA e depois o cospe vivo
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Faustão é internado em hospital de SP
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS