Farol ISTOÉ

A alta do bife já chegou no porco

A alta do bife já chegou no porco

AFP

A pressão permanente de alta sobre os preços da carne bovina chegou no porco brasileiro. A China está consumindo proteína animal importada como nunca num momento em que há uma quebra na sua produção. Estudos internacionais estimam que uma peste suína africana contaminou entre 150 milhões e 200 milhões de porcos no país no primeiro semestre. Por isso o chineses vem elevando o preço pago pelo bife, mais do que o oferecido pelo mercado interno brasileiro. Com o porco está acontecendo o mesmo, assim como com o frango e outros animais. A queda abrupta na oferta interna de carne fez a China duplicar importações e o Brasil, segundo maior rebanho de bovinos e quarto maior criador de porcos do mundo, é um fornecedor em larga escala. O problema é que a proteína animal acabou ficando mais cara e menos acessível para o consumidor local.

Tópicos

carne