Edição nº2602 08/11 Ver edições anteriores

Paolla Oliveira: “São para a vida”

99
Divulgação

Nesta foto, Paolla Oliveira lembra a colega francesa Brigitte Bardot jovem. Na novela “A Força do Querer”, ela vive a policial fortona e lutadora de MMA Jeiza. Um dos segredos do visual é a orientação da nutricionista Patricia Davidson. “Deixamos as fontes de carboidrato em horários estratégicos e preferimos as raízes. A meta é reeducação alimentar”, disse a especialista. À ISTOÉ, Paolla revelou que Jeiza vai atacar também de dançarina.

Como é a sua preparação?
Treinos de luta, exercícios aeróbicos e orientações nutricionais.

O que mudou na alimentação?
Sem exageros e substituindo, por exemplo, os doces por coco e frutas secas.

Depois da novela, vai seguir o padrão físico de Jeiza?
As orientações da Patricia Davidson são para a minha vida, seguirei. Soube que a Jeiza agora vai de gafieira também. Tem sido muito gostoso fazer essa mulher extremamente física, além de alto astral.

Desapega

96
Divulgação

Fernanda Paes Leme está no comando de uma campanha nacional de doação de roupas a serem vendidas em bazar com renda para o Instituto da Criança. Com parceria da grife Animale, funciona assim: quem doar ganha desconto nas lojas. A atriz, que comanda o programa Desengaveta, no GNT, lembra que não basta doar: “É importante considerar a qualidade da peça, isso também é ser solidário.” Ela acha que não há nada mais fashion do que “as marcas se associarem aos movimentos de consumo consciente.”

Vida não é reality show

97
Divulgação

No filme “Amor.Com”, que está estreando, Isis Valverde interpreta uma blogueira que vive, claro, no universo virtual. Na vida real, porém, a atriz é bem pé no chão. “Evito a exposição excessiva. Não é saudável transformar a vida em um reality show.” Sobre o amor: “Já vi histórias lindas de amor à distância. Mas o que começa na internet, tenho dúvidas.” Também no papel da brejeira Ritinha em novela da Globo, ela conta que se inspirou “em Gabriela (de Jorge Amado) e no filme Lagoa Azul para compor a essência.” E conclui: “Acho que deu certo!”

Carneiro vira joia 

100
Divulgação

A estilista Lucinha Karabtchevsky, filha do maestro de mesmo sobrenome, agora é design de joias artesanais em feltro e prata. Da Itália, onde morou por 17 anos, ela trouxe a lã de carneiro Merino, considerada a mais nobre para uso em vestimentas. Lucinha passa horas esfregando-a entre as mãos até que se entrelacem no formato desejado. Vendidas apenas na Dona Coisa, no Rio, e na Choix, em São Paulo, a peças remetem a detalhes da natureza –  ao contrário do que fazem os italianos, que “usam a lã numa pegada folk. Fugi disso e olhei mais para as cenas brasileiras.”

Mais Brasil

101
Divulgação

O musical “Rio Mais Brasil”, estrelado por Cris Vianna e dirigido por Ulysses Cruz, estreia em julho e vai falar do País a partir da Cidade Maravilhosa. Cris vai atuar, cantar, dançar e tocar percussão. “Dá muito orgulho contar a nossa própria história”, diz.

Exposicão p&b

95
Divulgação

Fernanda Montenegro com ares de moça sapeca. Sonia Braga com fartos seios à mostra. Leila Diniz e Betty Faria dando beijinho na boca. Elis Regina morrendo de rir. Rita Lee mais esquelética do que nunca. Essas e muitas outras famosas estão entre as 60 fotos em preto e branco, clicadas pelo fotógrafo Antonio Guerreiro entre os anos 1970 a 2000, que vão a leilão dia 12, sob o comando do leiloeiro Horácio Ernani. Parte da renda será revertida para o Abrigo Santa Helena, de Juiz de Fora, em Minas Gerais. Guerreiro, que comemora 50 anos de carreira, comenta: “Essas fotos refletem o ofício da fotografia, que é a entrega de uma pessoa à outra.” Para ver as fotos, basta clicar  https://vjiy0v.s.cld.pt .

Prestes tour

102
Divulgação

Nada contra o Kremlin ou a Praça Vermelha. Mas a proposta de Luiz Carlos Prestes Filho, que herdou o nome do pai, um líder comunista, para os turistas que levará à Russia a partir de setembro é mostrar, também, os locais de grandes acontecimentos a partir da revolução de 1917. “Morei 13 anos lá, falo russo fluentemente, vamos ver o país por dentro, revolucionário e capitalista.” Na foto, ele aponta para o edifício onde viveu com o pai, em Moscou.

O bullying no teatro 

Bullying
Divulgação

É comum debater o bullying do ponto de vista da vítima, mas a peça “Quem é Você?” escolheu analisar o agressor. “Chamam de ‘brincadeiras’ o que é  preconceito”, disse o autor, Leandro Bellini. A Fundação Cesgranrio banca o espetáculo itinerante por escolas do Rio.

 


Mais posts

Ver mais
X

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.