Medicina & Bem-estar

O mal das pernas inquietas

Quase um quarto da população sofre de uma doença que causa movimento incontrolável dos membros inferiores

O mal das pernas inquietas

O mal das pernas inquietas


Os incômodos surgem quase sempre à noite, durante o repouso. A queixa recorrente é de pequenos choques nas pernas, sensação de picadas e comichões que provocam um desejo incontrolável de mexer as pernas para obter alívio. Trata-se de uma situação tão desconfortável que os pacientes ficam impedidos de participar até de programas corriqueiros, como ir a uma sessão de cinema.

+ As duas faces da ansiedade
+ Para não ter outro infarto
+ Acupuntura ajuda no tratamento de ansiedade e depressão

É com essa angústia que convivem os portadores da síndrome das pernas inquietas, uma desordem neurológica que começa a receber mais atenção dos médicos. Isso ocorre em razão de sua gravidade e também de sua incidência, surpreendentemente alta, segundo estudo apresentado na última semana no Congresso do Colégio Americano de Pneumologistas, em San Diego, nos EUA.

Até hoje as estatísticas indicavam que a enfermidade atingia cerca de 10% da população. Pesquisadores da Universidade de Missouri afirmam, porém, que o índice pode chegar a 23%. Para piorar, ainda há falta de conhecimento da doença por parte de médicos, o que favorece o subdiagnóstico.

“Por isso, é preciso educar clínicos e pacientes sobre os sinais”, diz o pesquisador Ammar Alkhazna, um dos responsáveis pelo trabalho. “Dessa forma será possível diagnosticar e oferecer uma terapia que melhore a qualidade de vida dos doentes.”

Algumas informações sobre a doença estão disponíveis. Sabe-se, por exemplo, que ela está relacionada a um desequilíbrio no processo de regulação da dopamina. Esta é uma das substâncias que fazem parte da bioquímica cerebral e, entre suas funções, está a participação nos processos que levam ao controle motor.

No entanto, há outros fatores em investigação. Entre eles estão a ausência de ferro no organismo, a diabetes e artrite reumatoide (leia mais no quadro). Também já está claro que os movimentos causados pela síndrome não têm nenhuma relação com o balançar de pernas e mãos, sintomas muito comuns durante situações de tensão ou de ansiedade.

“São coisas bem diferentes”, afirma o neurofisiologista Flávio Aloé, do Centro do Sono do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo. Na síndrome, o desconforto aparece quando a pessoa se deita e aumenta de intensidade ao longo da noite.

“Isso pode acontecer uma vez por semana ou todas as noites, prejudicando demais o sono”, afirma Aloé. O mal-estar é tamanho que muitos pacientes precisam sair da cama e ficar caminhando pela casa ou começam a fazer massagens nas pernas. O resultado é que o portador não consegue descansar e, no dia seguinte, sofre com dificuldade de concentração e irritabilidade, por exemplo.

Embora não exista exame específico que leve a um diagnóstico, é possível identificar alterações e tratá-las com bom resultado. “Quando existe uma deficiência de ferro, por exemplo, a terapia de reposição desse mineral pode ajudar a controlar os sintomas”, esclarece Aloé.

img1.jpg

Veja também
+Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, revela que fez cirurgia na vagina
+ Vídeos mostram pessoas preparando saladas com Cheetos no TikTok
+ Mulher e filho de Schumacher falam sobre saúde do ex-piloto
+ Carvão “gourmet” que não suja as mãos vira meme nas rede sociais; ouça
+ Mãe encontra filho de 2 anos morto com bilhete ao lado ao chegar em casa
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago

Tópicos

Como a ansiedade pode matar? Como a atividade física ajuda na ansiedade? Como acabar com a inquietação de uma pessoa? Como curar a ansiedade naturalmente? Como é a dor de cabeça causada pela ansiedade? Como é uma crise de ansiedade forte? Como eliminar a ansiedade em 30 dias? Como me curei da síndrome do pânico? Como parar de ser uma pessoa agitada? Como saber se a dor de cabeça e emocional? Como se livrar de vez da síndrome do pânico? Como vencer a ansiedade praticando atividade física nesse período de isolamento social? É normal adolescentes terem ansiedade? É normal ter crise de ansiedade mesmo tomando remédio? É normal ter crise de ansiedade todos os dias? É possível morrer de coração partido? O que a ansiedade faz com a mente? O que a ansiedade faz com o coração? O que a ansiedade faz com o nosso corpo? O que a ansiedade pode causar na cabeça? O que a ansiedade pode causar no estômago? O que causa inquietação nas pernas? O que é a síndrome das pernas inquietas? O que é ansiedade emocional? O que é bom para diminuir a ansiedade? O que é bom tomar para ansiedade? O que fazer para acalmar as pernas inquietas? O que fazer para melhorar a circulação sanguínea nas pernas? O que fazer para relaxar os músculos das pernas? O que fazer para se livrar da ansiedade? O que fazer quando a pessoa está em crise de ansiedade? O que pode piorar a ansiedade? O que pode ser uma sensação estranha na cabeça? O que uma pessoa com ansiedade sente? Porque ansiedade causa infarto? Quais os 100 sintomas da ansiedade? Quais os riscos que causa a ansiedade? Quais são os 3 tipos de ansiedade? Quais são os alimentos que causam ansiedade? Quais são os graus da ansiedade? Quais são os piores sintomas da ansiedade? Quais são os sintomas de crise de ansiedade? Quais são os tipos de ansiedade? Qual a diferença entre ansiedade e síndrome do pânico? Qual é a causa da ansiedade? Qual médico trata síndrome das pernas inquietas? Qual o melhor exercício físico para ansiedade? Qual o pior tipo de ansiedade? Qual remédio é bom para pernas inquietas? Quanto tempo demora a passar a ansiedade? Quanto tempo dura uma crise de ansiedade e pânico? Quanto tempo leva para se livrar da síndrome do pânico? Quem sofre de síndrome do pânico pode trabalhar? Quem tem ansiedade não pode comer? Quem tem ansiedade pode tomar chimarrão? Quem tem crise de ansiedade pode fazer academia?