Edição nº2590 16/08 Ver edições anteriores

Ricardo Boechat

Com RONALDO HERDY

A R T E
EM DISPUTA

Única peça do gênero na obra do artista cujos quadros podem valer mais de R$ 1 milhão, um violino com pinturas de Guignard virou caso de polícia. Seu dono, Cláudio Goulart Pessoa, denunciou que o instrumento foi furtado por um intermediário interessado em mostrá-lo a um potencial comprador. Depois de meses de procura, o violino finalmente foi localizado à venda numa galeria carioca, a TNT. Até sexta-feira 29, não tinha sido devolvido.

R E M É D I O S
FALA O VICE
José Alencar
, vice-presidente da República, corrige a coluna e informa que o remédio Yondelis, que mandou trazer do Exterior para tratamento de câncer, não chegou ao Brasil num jato particular. Publicada na semana passada, a nota não focava o meio de transporte, mas a burocracia da Anvisa

L U L A 1
MATA ADENTRO

Equipes das Forças Armadas e técnicos da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) iniciam, nesta semana, o maior mapeamento geológico, hidrográfico e cartográfico já realizado na Amazônia. A área tem 1,3 milhão de km2 em cinco Estados da região. O projeto será anunciado por Lula, no dia 11, em Belém. Custará R$ 350 milhões e se estenderá até 2012.

G A L Ã
RUMO AO OSCAR

Quando chegar aos cinemas, no fim do ano, o filme Gringos no Rio, do diretor americano Jonathan Nossiter, apresentará ao público um ator estreante. Ninguém menos que Ivo Pitanguy. Em cenas gravadas na terça-feira 26, na Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, o celebrado cirurgião plástico, interpretando um médico, atua com a atriz italiana Nicoletta Maraschio, no papel de sua antiga namorada. "É pura ficção", enfatiza Pitanguy, casado há 50 anos com a mesma mulher, Marilu.

O L I M P Í A D A
OS BOMBADOS

Vêm aí mais casos de doping em Pequim. A lista não inclui nenhum brasileiro. Os envolvidos disputaram provas de atletismo nos últimos dias das competições e ficarão dois anos no gancho. O COI, aliás, baixará norma determinando que atletas que usarem substâncias proibidas, a partir de agora, estarão fora dos Jogos de Londres, em 2012.

L U L A 2
TURISMO VERDE

No dia 13, em Petrópolis, o presidente fará outro anúncio: medidas para estimular o ecoturismo. Seis parques nacionais, entre eles Serra dos Órgãos (RJ) e Chapada dos Veadeiros (GO), receberão investimentos para atrair visitantes (como restaurantes panorâmicos). Mediante concessão a agências especializadas, o pacote facilitará, ainda, excursões a santuários como Fernando de Noronha e Abrolhos. Donos de terras também receberão incentivos para criação, em suas propriedades, das chamadas reservas particulares de proteção à natureza.

P O L Í C I A
PELAS ALGEMAS

Policiais civis de Brasília estão articulando o primeiro protesto contra as novas regras para uso de algemas fixadas pelo STF. Talvez cruzem os braços por um dia. O chefe da Polícia Civil do Distrito Federal, Cléber Monteiro, não se opõe ao movimento.

G U E R R A
EM MEMÓRIA

O STJ agendou para quartafeira 3 o julgamento de uma ação impregnada de drama e mistério. Parentes dos dez tripulantes da traineira Shangri-lá, afundada em 1943 no litoral fluminense pelo submarino nazista U-199, querem que o governo brasileiro cobre indenização do Estado alemão pela morte dos pescadores, a maioria jovens entre 16 e 22 anos. Restam, hoje, apenas três parentes diretos dos mortos.

S A Ú D E
ERROS MÉDICOS

Estudo realizado pelo médico Walter Mendes, da Fundação Oswaldo Cruz, mediu a incidência de erros médicos na rede hospitalar do Rio de Janeiro. Em três importantes instituições o índice constatado foi de 7,6 casos por ano. Parece baixo, mas não é. Projetado nacionalmente, o problema ganha contornos dramáticos. Em toda a rede de saúde dos Estados Unidos, por exemplo, a estimativa anual é de 100 mil ocorrências do gênero.

F U T E B O L
CARTÃO VERMELHO

Dunga deixará o comando da Seleção se o Brasil for derrotado pelo Chile no dia 7 de setembro, em Santiago, pelas eliminatórias da Copa de 2010. O anúncio será feito na manhã seguinte. Um emissário do presidente da CBF, Ricardo Teixeira, já preveniu Wanderley Luxemburgo, que só não será o novo técnico se não quiser.

F R A N C O
BRIGA DE BRANCO

Márcio Meira, presidente da Funai, abriu sindicância contra seu antecessor, Mércio Pereira. Motivo: investigar gastos da antiga gestão com a hospedagem e alimentação de índios em pensões de Brasília. O serviço foi contratado sem licitação.

L S N
TEMPOS MODERNOS

Em vigor há 25 anos, a Lei de Segurança Nacional será modernizada. Coordenado pelo Gabinete de Segurança Institucional do Planalto, um grupo interministerial dará nova redação a vários artigos, contemporâneos da guerra fria. O trabalho ficará pronto em dois meses. Entre as novidades, serão definidos crimes cibernéticos e as penas a eles correspondentes.

M I L I T A R E S
EM LIQUIDAÇÃO

Dificuldades financeiras têm levado o Exército a reduzir o recrutamento de jovens soldados. E, também, a enxugar instalações. Nos últimos dois meses, por exemplo, o Comando Militar do Leste já desativou ou transferiu 14 unidades. Uma delas foi o 24º Batalhão de Infantaria Blindada, na zona norte do Rio. O terreno, no bairro de Madureira, foi vendido para a gigante americana de supermercados Wal-Mart.

M Í D I A
PARA MAIORES

Depois de 45 dias como interino, o advogado David Pires será efetivado diretor do Departamento de Classificação, Títulos e Qualificações do Ministério da Justiça. O órgão determina a faixa etária do público de cada espetáculo, filme ou programa de tevê no País, com efeito sobre a audiência e, claro, o faturamento das produções.

O N U
XERIFE NA ÁREA

Desembarca em Brasília, nesta segunda-feira 1º, o norueguês Ketil Ottersen. Coordenador da Unidade de Segurança, Crime Organizado e Combate à Lavagem de Dinheiro da ONU, vem conversar com a Polícia Federal sobre o uso crescente de cargas marítimas por quadrilhas de traficantes de drogas e contrabandistas. Traz na bagagem estudo revelando que dos 220 milhões de contêineres que circulam pelo mundo, anualmente, menos de 2% são inspecionados.

M E R C A D O
ELA VOLTOU

Zélia Cardoso de Mello, a outrora poderosa czarina da Economia no governo Collor, retornou ao mercado. De Nova York, onde mora, está administrando um fundo de investidores indianos interessados em commodities agrícolas no Brasil. Os recursos captados somam US$ 1 bilhão.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.