Edição nº2591 23/08 Ver edições anteriores

Ricardo Boechat

Com Ronaldo Herdy

E l e i ç õ e s
Sem testemunhas

Assim como em 2005, no referendo sobre armas de fogo, o TSE deverá proibir a entrada de celulares nas cabines eleitorais neste ano. Denúncias recebidas pela polícia do Rio de Janeiro indicam que milícias e traficantes planejam controlar os votos das comunidades que dominam exigindo aos moradores fotos telefônicas de suas escolhas na urna eletrônica. A "prova" identificaria os que "traíram" os candidatos apoiados pelos bandidos.

G r a m p o s 1
Cartilha geral

Ainda dividido em relação ao assunto, o Conselho Nacional de Justiça pretende anunciar nesta terça-feira 9 sua posição em relação aos grampos telefônicos. Uma resolução tentará padronizar critérios que os juízes devem considerar ao autorizarem escutas. Por outro lado, foi descartada a idéia de se criar, no próprio CNJ, uma central de dados reunindo informações de todos os processos do gênero no País. Alguém ponderou, com razão, sobre o risco de vazamentos.

G r a m p o s 2
Orelha naval

Em 2007, sete "interceptações telefônicas" foram autorizadas pela Justiça no âmbito das Forças Armadas. Todas solicitadas pela Marinha.

A b o r t o
Voz das ruas

Mães que desistiram de interromper a gravidez em casos de anencefalia estarão à frente da Marcha da Cidadania pela Vida, nesta quarta-feira 10, na Esplanada dos Ministérios, contra a proposta que libera o aborto em tais casos. Os organizadores prometem trazer mulheres de todos os Estados para a manifestação.

T o r t u r a
Pindaíba total

Fundado em 1985, no Rio de Janeiro, o Grupo Tortura Nunca Mais está no pau-de-arara. Indenizações que foi obrigado a pagar a policiais que denunciou e o fim de ajuda financeira que recebia da União Européia puseram a entidade a nocaute. Seu jornal trimestral, editado há 32 anos, não circulará mais. E o programa de assistência psicológica e psiquiátrica a vítimas da violência no Estado será suspenso.

P r é – s a l
Ajuda externa
O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, vai contratar a uma consultoria jurídica privada a elaboração do anteprojeto de reforma da Lei do Petróleo, com artigos contemplando eventuais mudanças relacionadas à camada pré-sal. A iniciativa tem precedente. "O presidente Geisel encomendou a Lei das S.A. ao advogado José Luiz Bulhões Pedreira e o resultado foi impecável", diz Lobão. "Isso é tarefa para especialistas."

 

N a t u r e z a
A perigo

Tese de doutorado apresentada à Universidade Católica de Brasília pela botânica Aline Braga estima que os ipês roxo e amarelo estarão extintos no Brasil em menos de 50 anos. As duas espécies são resistentes às mudanças climáticas. Mas não ao desmatamento fora de controle.

S a ú d e
À beira-mar

Fundado pela comunidade israelita de São Paulo, o tradicional Hospital Albert Einstein, com um caixa estimado em R$ 500 milhões, está de olho no Rio de Janeiro. Quer comprar concorrentes cariocas de médio porte para fincar sua bandeira na cidade.

L o t e r i a s
Façam o jogo!

Terceira loteria mais popular do Brasil, a Quina passará a ser sorteada seis vezes por semana, a partir de outubro. Hoje são três extrações por semana. A aposta mínima continuará sendo de R$ 0,50. A Caixa Econômica, que arrecada cerca de R$ 5 milhões por concurso, está otimista. Os brasileiros estão jogando como nunca.

S e r v i ç o p ú b l i c o
Bilhete azul

O Ministério da Justiça planeja demitir por justa causa os agentes penitenciários do presídio de segurança máxima de Campo Grande (MS), que entraram em greve neste sábado 6. Eles querem aumento de R$ 4 mil para R$ 7 mil mensais. Bandidões como Fernandinho Beira-Mar, Marcos Marcola e Elias Maluco ficarão aos cuidados da Força Nacional de Segurança.

M i l i t a r e s
Em campanha

Informações passadas a Brasília por agentes da Abin e da Polícia Federal revelam que oficiais do Exército têm percorrido cidades e vilas de Raposa Serra do Sol fazendo pregações contra a demarcação contínua da reserva. Os militares sustentam ser essa a melhor forma de "pacificar" a região. A decisão sobre a área, como se sabe, está em mãos do STF.

M i n e r a i s
Sem moleza

Vem chumbo grosso aí para cima das mineradoras. Com 40 anos de existência, o Código Mineral será totalmente reformado. Um dos alvos é a questão tributária. Na avaliação do governo, não faz sentido isentar gigantes como a Vale, MRB ou Gerdau de impostos sobre a exportação e outros ônus fiscais. Nos últimos quatro anos, por exemplo, o setor como um todo pagou apenas R$ 1,5 bilhão em royalties, contra R$ 56 bilhões da área do petróleo.

C r i m e
Vale-tudo
Centenas de motoboys que cruzam a Ponte da Amizade, todos os dias, desempenham papel importante no contrabando entre o Paraguai e o Brasil. Nem sempre eles transportam eletrônicos, drogas ou armas. Há dias, agentes da Receita Federal em Foz do Iguaçu surpreenderam-se ao encontrar, espremidos num minúsculo espaço entre a carenagem e o tanque de gasolina de uma moto, quatro pobres papagaios destinados a compradores brasileiros.

V ô l e i
Ouro da fé

Técnico da seleção feminina de vôlei campeã em Pequim e, também, da masculina que conquistou ouro em Barcelona, em 1992, José Roberto Guimarães está de partida para a Espanha. Para agradecer "grandes e recentes bênçãos recebidas no esporte", vai percorrer a pé 750 quilômetros do Caminho de Santiago de Compostela. Há 16 anos ele tentou a mesma caminhada, mas parou no meio. Agora, promete cumprir 30 quilômetros por dia até o fim.

B a n c o s
Nem tanto
A crise nas Bolsas de Valores levou o Itaú a rever o valor de compra do banco mineiro Bonsucesso, que opera com crédito consignado. O preço ficou perto dos R$ 500 milhões, metade do montante divulgado no mercado. Números enviados pelo Bonsucesso ao BC apontam queda de 80% no lucro da instituição no primeiro semestre, com um inusitado prejuízo de R$ 2,3 milhões em junho.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.