Em meio ao frenesi das compras e agitação das cidades, o final de ano muitas vezes se apresenta como um paradoxo. Enquanto buscamos ansiosamente por férias e momentos de tranquilidade e paz, somos envolvidos por uma intensa correria de festas da firma, festas familiares, presentes e “obrigatoriedades” como ter um lugar especial para a virada do ano. É como se a própria busca por descanso se transformasse em uma maratona, e escapar para a serenidade natural se torna um desafio. No entanto, é nesse contraste que a beleza da pausa se destaca ainda mais, na valorização dos pequenos refúgios, nos instantes de silêncio em meio ao caos e na oportunidade de encontrar cantos inesperados, renovando a apreciação pela simplicidade e pela calma que a natureza oferece. Separei aqui oito desses cantos que são perfeitos para viagens bate e volta neste final de ano, caso sua opção for fugir da cidade para o campo.

São João Batista do Glória – MG

São João Batista do Glória (1)
Fotos: Divulgação

Na divisa entre os estados de São Paulo e Minas, São João Batista do Glória está localizado próximo à Serra da Canastra e à represa de Furnas. É acessível por estradas como a MG-050, que liga a região a outras cidades próximas. A cidade é famosa por abrigar parte do Parque Nacional da Serra da Canastra, onde nasce o Rio São Francisco, um dos mais importantes do Brasil. São diversas cachoeiras na região, comida de fazenda e queijo, muito queijo. Uma cidade simples, com opções de locação de casas ou alguns hotéis como o do Vale do Céu, isolado de tudo com uma estrutura boa para receber famílias.

São José do BarreiroSP

São José do Barreiro

Na divisa entre os estados de São Paulo e Rio, uma cidade encantadora que serve como ponto de entrada para a parte alta da Serra da Bocaina. Essa região montanhosa oferece uma natureza exuberante, com trilhas incríveis e cachoeiras como a do Veado. Além disso, o Parque Nacional da Serra da Bocaina, que abrange parte da cidade, possui uma das formações montanhosas mais imponentes do Brasil e é um dos maiores parques do país.

Eldorado – SP/ PR

Eldorado

Eldorado está situada no sudoeste do estado de São Paulo, na região do Vale do Ribeira. Faz divisa com o estado do Paraná e está a cerca de 250 quilômetros da capital paulista, São Paulo. É uma região de relevo acidentado, repleta de montanhas, vales e áreas de Mata Atlântica preservada e onde fica o Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira (PETAR), um dos principais destinos naturais da área, reconhecido pela biodiversidade e pela preservação ambiental, englobando centenas de cavernas.

Sengés – PR

Sengés

Uma cidadezinha tranquila localizada também em divisa de estado (São Paulo e Paraná) na região dos Campos Gerais, e a aproximadamente 200 quilômetros da capital Curitiba. A região do Vale do Itararé abriga belíssimas quedas d’água e cânions gigantes com vales cobertos de Mata Atlântica.

Pirenópolis – GO

Pirenópolis

Um pouco mais conhecido que os outros destinos e a aproximadamente 130 quilômetros de Brasília e a 150 quilômetros de Goiânia, a cidade não deixa de ser um refúgio por isso, pois está em uma região rica de opções que vai até a Chapada dos Veadeiros. Conhecida por suas ruas de pedra e arquitetura colonial preservada, a cidade oferece uma atmosfera única, remetendo ao passado histórico além de suas belezas naturais e diversas opções de hospedagem, que vão de hostels a casas de locação luxuosas e hoteis ao estilo boutique.

Passa Quatro – MG

Passa Quatro

A cidade fica a 52 quilômetros de São Lourenço, no Circuito das Águas, e a 250 quilômetros da cidade de São Paulo. Cercada por montanhas da famosa Serra Fina, é o destino ideal para curtir a vida rural, com gastronomia típica. É daqui que começa a travessia mais desafiadora e famosa do Brasil, envolvendo um percurso de aproximadamente 30 quilômetros ao longo das cristas das montanhas da Serra da Mantiqueira, passando por picos elevados e paisagens alucinantes.

Lapinha da Serra – MG

Lapinha da Serra
Divulgação

Lapinha da Serra é um lugar especial, uma pequena vila situada em Santana do Riacho, nos arredores da Serra do Cipó, em Minas Gerais (cerca de 100 km de BH) Rodeada por montanhas imponentes, cachoeiras e trilhas, é um destino muito procurado por amantes de ecoturismo e trekking. É uma área de proteção ambiental.

Itamonte – MG / RJ

8 Viagens bate-e-volta para fugir no fim do ano

Ponto de acesso ao Parque Nacional do Itatiaia, uma das principais atrações da região e um dos mais antigos do Brasil e abrange tanto áreas de altitude quanto de baixada. A cidade dá acesso à parte alta do Parque, onde fica o Pico das Agulhas Negras e a Pedra do Altar, ambos oferecendo experiências únicas de trekking e vistas incríveis.