A semana

Rápidas

• Ex-funcionário de uma instituição financeira, uma testemunha procurou o Ministério Público para dizer que teria provas de que o PT recebeu dinheiro das Farc colombianas. Seus superiores o teriam demitido por isso.

• O Ministério Público de Goiás abriu inquérito para investigar o governo do tucano Marconi Perillo. Seus auxiliares alugaram cinco helicópteros e 801 carros para a polícia por R$ 1,5 milhão mensais.

• O empresário Floriano Nolasco Jr., conhecido financiador de campanhas em Santa Catarina, foi preso esta semana na Operação Ícaro, da Polícia Federal. Nolasco é acusado de tráfico internacional de drogas. Segundo a PF, ele transportava cocaína da Bolívia para o Brasil.

Veja também

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Baleia jubarte quase engole duas mulheres em caiaque; veja o vídeo
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel