A semana

O negócio das carteirinhas

Alerta vermelho na UNE, a entidade estudantil presidida por Gustavo Petta. Controlada pelo PCdoB, a UNE faturou no ano passado R$ 120 milhões com a emissão de carteiras escolares. Mas o negócio está ameaçado pela URE, associação criada há três anos por estudantes liberais de Minas. A novata se expandiu para Rio e São Paulo e, só neste ano, emitiu 5,7 milhões de carteiras. Contra quatro milhões da UNE.

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel