Medicina & Bem-estar

De rosto totalmente novo

A medicina avança na realização dos transplantes faciais e anuncia a primeira reconstrução total de uma face

De rosto totalmente novo

chamada.jpg
SUCESSO
Barret diz que paciente tem agora um rosto normal

Um feito histórico mobilizou a comunidade médica no mundo todo: cirurgiões espanhóis anunciaram, há duas semanas, a realização do primeiro transplante total de face. O procedimento foi feito no Hospital Vall D’Hebron, localizado em Barcelona, e beneficiou um fazendeiro espanhol que havia tido o rosto desfigurado por um tiro após um disparo acidental.

O evento aconteceu cinco anos atrás. O paciente perdeu parte da mandíbula, do nariz e de outras áreas do rosto. Por causa disso, o rapaz vivia um imenso sofrimento. Ele não conseguia falar, mastigar, engolir ou respirar normalmente, apesar das nove cirurgias anteriores a que
havia sido submetido.

O transplante foi realizado em março, embora tenha sido divulgado somente agora. Ao todo, durou 22 horas e contou com a participação de 30 especialistas. As equipes se dividiram entre a retirada das estruturas faciais do doador e seu implante no rosto do fazendeiro (leia o passo a passo no quadro abaixo). Hoje, segundo os médicos, ele ainda está em recuperação. Além disso, dependerá por toda a vida de medicamentos que evitam a rejeição dos tecidos doados. Mas, obviamente, considera-se satisfeito com os resultados. “Quem olhar para o rosto dele verá uma face normal, como a de qualquer outra pessoa que atendemos aqui no hospital”, disse o cirurgião Joan Pere Barret, coordenador do transplante. De acordo com o especialista, a única cicatriz visível está no pescoço.

Esse tipo de avanço só está sendo possível graças a um progresso fantástico no campo da microcirurgia, que exige muito treino e mãos habilidosas para fazer a ligação de peças delicadas, como nervos e vasos sanguíneos. Na área do transplante facial, o primeiro resultado favorável foi anunciado há cinco anos, na França. Na ocasião, os médicos realizaram um transplante parcial em uma mulher de 38 anos que havia sido atacada por seu próprio cachorro. Desde então, outros nove transplantes de rosto foram feitos em todo o mundo. Agora, o anúncio da façanha espanhola só confirma que os médicos estão mesmo no caminho certo.

G_Transplante_Rosto.jpg