Comportamento

Diga “sim” no Caribe

Por que Curaçao, nas Antilhas, é o lugar perfeito para se casar

“Casar aonde???” Essa é a pergunta típica feita para aqueles que decidem se casar em um lugar tão exótico como Curaçao, uma pequena e bela ilha das Antilhas Holandesas, no Caribe, que fica a 60 quilômetros da Venezuela. Com 38 praias de areias brancas e mar azul-turquesa, protegido por recifes de coral, Curaçao tem tudo de bom para tornar este evento inesquecível; você casa e nem precisa viajar para a lua-de-mel. A ensolarada ilha, banhada por águas quentes e cristalinas é o refúgio perfeito. Curaçao é considerada o terceiro melhor lugar do mundo para a prática do mergulho (o primeiro é o Egito e o segundo é Bonaire, a pequena irmã de Curaçao, que, junto com Aruba, forma o ABC das Antilhas Holandesas). Além disso, com 140 mil habitantes, o país tem uma completa infra-estrutura turística: resorts, cassinos, restaurantes e uma agitada vida noturna. O idioma local é o papiamento, uma mistura de holandês, espanhol, inglês e português, herança das históricas disputas entre esses países pela pequena ilha, que foi descoberta por espanhóis em 1499 e tomada pelos holandeses em 1634.

A idéia de transformar Curaçao em uma opção também para casamento – ao lado de destinos como Tahiti, Ilhas Fiji, Jamaica – surgiu dos empresários locais de turismo que, em parceria com hotéis e com o próprio governo, estão promovendo uma campanha com pacotes para matrimônio. As opções são variadas, assim como os preços. Para ter uma idéia, um casal de brasileiros que pretenda casar em Curaçao e levar 50 convidados do Brasil por uma semana, com hospedagem no resort Breezes All Inclusive, vai gastar algo em torno de US$ 100 mil. Esse é o preço para uma cerimônia básica, mas o céu é o limite. No Breezes, o pacote de casamento para os noivos (que pagam US$ 826 cada um em baixa temporada) e mais quatro convidados (não hóspedes) é tudo incluso; a cerimônia acontece em um lindo gazebo, cercado por um jardim, de frente para o mar – com direito a um estonteante pôr-do-sol. Ainda no pacote, também incluso, que só vale para casais que se hospedem por, pelo menos, três noites, há a assessoria de um profissional especializado em casamentos. E mais: toda a preparação da documentação e licença de casamento, o juiz, a música (gravada), a decoração do local, o bolo, o buquê, uma garrafa de champanhe no quarto e massagem e jantar a luz de velas para os noivos. Se o casal se hospedar no Breezes por seis noites, ganha a sétima. “Além do nosso pacote, nós temos uma série de serviços e opções para realizar todo tipo de casamento”, explica Janine de Windt, diretora de vendas do Breezes Curaçao. Claro, esses outros serviços extras são pagos à parte. Uma cerimônia/coquetel no Breezes, por exemplo, vai custar algo em torno de US$ 45 por convidado; um DJ que toque por quatro horas cobra US$ 156,25 e um tour de limousine, com champanhe a bordo, pela ilha sai por US$ 312,50.

Se o sonho é fazer o casamento à beira-mar, em uma das paradisíacas e isoladas praias da ilha, com direito a tenda branca, bebida, comida e decoração tropical, o valor por pessoa vai girar em torno de US$ 70. A música ao vivo (por três horas) sai por US$ 850. A passagem aérea pela Avianca custa em média US$ 800 por pessoa e a hospedagem no Breezes por uma semana sai por US$ 826 na baixa temporada. Os custos do cartório variam de US$ 76 em dia de semana a US$ 304, caso a cerimônia civil ocorra na praia. Para ter um atendimento de primeira e ainda em português uma boa opção é a Curaçao Tropical Destination, agência de turismo da brasileira Lucilia Ferreira, que vive em Curaçao há 15 anos e é uma espécie de embaixatriz do turismo local, além de possuir larga experiência na produção de grandes eventos. “Casar em Curaçao é algo inesquecível”, afirma ela, que acaba de passar pela experiência. No mês passado, Lucilia e o espanhol Jose Pelaez se casaram nas areias brancas da praia de Kenepa, com os pés descalços e molhados pela água azul-turquesa.

+ “Filho é um inferno e atrapalha”, diz Fábio Porchat sobre não querer ser pai

Veja também

+ A incrível história do judeu que trabalhou para os nazistas na Grécia
+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev
+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel
+Vídeo mostra puma perseguindo um corredor em trilha nos EUA
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês
+ Por que não consigo emagrecer? 7 possíveis razões
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Educar é mais importante do que colecionar