Tecnologia & Meio ambiente

50% da área para café estará em risco até 2050, diz Andrea Illy

TRIESTE, 2 DEZ (ANSA) – Por causa das mudanças climáticas, estima-se que mais de 50% dos terrenos atualmente cultiváveis com café não serão mais adequados até 2050.   


É o que diz o presidente da empresa italiana illycaffè, Andrea Illy, ressaltando que o café é “muito sensível às mudanças climáticas”.   

“A primeira a sofrer o impacto será a qualidade, seguida da quantidade, então o grande desafio será praticar uma agricultura regenerativa e focar na qualidade”, disse o executivo à ANSA por ocasião do Ernesto Illy International Coffee Award, que reconhece o produtor do melhor café sustentável e que premiou em 2021 o indiano Jumboor Estate.   

“O desafio que temos diante de nós será não apenas conseguir produzir nas condições atuais, cada vez mais adversas do ponto de vista climático, mas também fazê-lo aumentando a produção para satisfazer a crescente demanda, sem recorrer às más práticas do passado, como desmatamento, e melhorando a qualidade. O desafio pode ser vencido por meio de investimentos nas plantações, estou convencido de que conseguiremos e que será um sucesso”, garantiu. (ANSA).