O Brasil que constrói

O Brasil que constrói: biotecnologia

Entre 1997 e 2013, a biotecnologia gerou um benefício de US$ 25 bilhões aos projetos ligados ao agronegócio. Com os avanços nas pesquisas e o aumento dos investimentos das empresas, a projeção é de ganhos de R$ 91 bilhões até 2023

O Brasil que constrói: biotecnologia

BRASIL-9-CAPA-DIN940.jpg

Entre 1997 e 2013, a biotecnologia gerou um benefício de US$ 25 bilhões aos projetos ligados ao agronegócio. Com os avanços nas pesquisas e o aumento dos investimentos das empresas, a projeção é de ganhos de R$ 91 bilhões até 2023. O setor de saúde é outro que se beneficia das novas descobertas. saiba o que quatro empresas estão fazendo para se destacar

Conheça as empresas que, mesmo com a crise, continuam investindo e estão transformando o Brasil:

Entre o diagnóstico e a terapia
A farmacêutica Roche tem investido em pesquisas científicas que fazem o sistema imunológico do paciente encontrar a solução para a doença.

Eficiência em inovar
O tema inovação é cada vez mais frequente no dia a dia das grandes empresas. Para a Ambev, a palavra significa ampliar ainda mais a sua já conhecida eficiência.

Beleza nos átomos da floresta
Com projetos comprometidos com a natureza e as comunidades da Amazônia, a Natura expande a pesquisa em nanotecnologia com projetos de inovação em cosmética do Natura Campus.

O futuro da química é verde
Com investimentos expressivos em pesquisa e desenvolvimento para a produção de biopolímeros, a Braskem se aproxima de encontrar a solução para fazer borracha sintética a partir da cana-de-açúcar.