Brasil

Fax Brasilia

Fax Brasília

AROEIRA/O DIA

……………………………………………………………………………

O Sonho de Malan

Há cerca de um mês, o presidente do Senado, Antônio Carlos Magalhães, teve um almoço amigável com o ministro Pedro Malan. Pauta livre, começaram a falar sobre gafes. Acabaram lembrando de Rubens Ricúpero – o ministro da Fazenda do governo Itamar Franco, responsável pela implantação do Plano Real –, que foi demitido por dizer barbaridades num bate-papo descontraído captado por antenas parabólicas. Como quem não quer nada, Malan comentou: “Se ele não tivesse caído na parabólica, daria hoje um bom candidato a presidente da República.” ACM fingiu não ter ouvido. Conversa vai, conversa vem, Malan volta ao tema: “O senhor não acha, senador, que o Ricúpero podia acabar como candidato?” ACM entendeu o recado. Pousou o garfo e a faca sobre o prato, fez uma breve pausa e respondeu: “Malan, eu sei que você quer ser presidente. Mas o Ricúpero nunca teria o apoio de tantos partidos quanto Fernando Henrique obteve.” Mudaram de assunto.

……………………………………………………………..…………..

Ladrão que rouba ladrão

O caso do caixa 2 da campanha eleitoral de FHC abriu um mar de desconfiança no tucanato. Não pela descoberta das sobras de campanha, que todos já sabiam existir. Mas pela revelação dos valores. A grande desconfiança é de que alguns dos arrecadadores, na moita, tenham ficado com parte do dinheiro. Mais: muitos dos arrecadadores revelados pela Folha de S.Paulo estavam atuando em linha direta com o comitê, sem o conhecimento da cúpula tucana.

………………………………………………………………………….

Santa ingenuidade!

Foi depois da última viagem do gaúcho Pedro Simon à Bahia que o PMDB decidiu usar verbas do fundo partidário para pagar os vôos de jatinho da campanha presidencial do senador. Ao chegar em terras de Antônio Carlos Magalhães, Simon virou-se para o deputado Geddel Vieira Lima e, desconfiado, perguntou: “Quem está pagando este avião?” Com bom humor e sarcasmo, Geddel respondeu de pronto: “É minha mãe, senador. Ela tem uma frota de aviões.”

…………………………………………………………………………..

Eta, Brasilzão!

O prefeito reeleito de Belém, Edmilson Rodrigues (PT), acaba de escapar da morte. Preso em Itabaiana (SE) tentando vender equipamentos de informática furtados, o alemão Udo Dittman revelou ao delegado local que foi procurado por um amigo de nome José Domingos de Barros com a seguinte proposta: juntos, os dois assassinariam o prefeito a mando de um fazendeiro cujo nome não foi revelado. Por enquanto, o plano está suspenso.

…………………………………………………………………………..

Em cima da perna

Decidida às pressas em julho pela Diretoria de Fiscalização do Banco Central, a inabilitação de Álvaro Mendonça para atuar no mercado financeiro deve ser arquivada pelo chamado Conselho de Recursos do Sistema Financeiro. Mendonça foi presidente da CEF no governo Collor. Seu processo ficou engavetado anos a fio, até que uma lei obrigou o BC a desengavetar tudo.

…………………………………………………..…...…………………..

Rápidas

Tititi no cerimonial do Itamaraty: não coloquem na mesma mesa dona Ruth Cardoso e o ministro das Comunicações, Pimenta da Veiga. Dona Ruth anda meio irritada.

Um instituto de pesquisa de opinião na Bahia detectou que anda muito boa a imagem do ex-governador Paulo Souto. Mas ele a escondeu. Teme que ACM corte suas asas.

A Rússia se habilitou, pela primeira vez, a uma negociação com a área militar do Brasil. O caça Mig 29 foi incluído na lista dos possíveis substitutos dos velhos Mirage-3.