Economia & Negócios

Dólar tem novo dia de alta e chega a bater R$ 3,53 após a abertura

Valorização foi impulsionada por novas tensões políticas, após a Câmara aprovar o texto-base da PEC que reajusta salários de várias carreiras e custará R$ 2,45 bilhões por ano para a União

Dólar tem novo dia de alta e chega a bater R$ 3,53 após a abertura

dolar__Agência-Brasil_483x303.jpg

 

A maior aversão do investidor com a o agravamento da crise política diante do isolamento da presidente Dilma Rousseff fez o dólar disparar para R$ 3,53 logo após a abertura. As tensões políticas ganharam novos contornos após o plenário da Câmara ter aprovado nesta madrugada o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que reajusta salários de várias carreiras e custará R$ 2,45 bilhões por ano apenas para a União. Apenas 16 parlamentares seguiram a orientação do governo de votar "não" e outros 445 votos foram pelo "sim".

O dólar à vista não esboçou reação à divulgação dos pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos, mas a moeda renovou máximas ante o iene e euro após o dado. Os pedidos subiram para 270 mil na semana passada, perto da expectativa de alta para 271 mil solicitações.

Às 10 horas, o dólar à vista no balcão subia 0,77%, a R$ 3,516, após bater a máxima de R$ 3,53 (+1,18%).

Também no radar hoje está a possibilidade de votação das contas públicas de 1992, 2002, 2006 e 2008 no Plenário da Câmara, deixando o caminho ficará aberto para a votação das contas de Dilma. Segundo o site da Câmara, os deputados discutiram a possibilidade de que a votação das contas ser "parte de uma estratégia para levar ao impeachment" da presidente com a rejeição das suas contas de 2014.

Também é desfavorável a notícia de que a presidente atingiu uma reprovação de 71%, segundo o Datafolha, o nível é mais alto que o atingido por Fernando Collor (1990-92) no cargo às vésperas de sofrer um processo de impeachment.
 

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel