A semana

Já podemos saber como era a voz de Mário de Andrade

Já podemos saber como era a voz de Mário de Andrade

O escritor e crítico Mário de Andrade, um dos maiores nomes do movimento modernista no Brasil, morreu em 1945 aos 52 anos de idade. Quem conviveu com ele é claro que ouviu a sua voz, mas somente quem conviveu. Até a semana passada julgava-se não haver um único registro sonoro do escritor. A excelente surpresa veio por meio do Instituto de Estudos Brasileiros da USP. Há um disco de alumínio, guardado nos EUA na Universidade de Indiana, que tem o registro da voz de Mário de Andrade, inclusive cantando – juntamente com a também escritora Rachel de Queiroz. Há mais vozes nesse disco, uma delas acredita-se ser de Pedro Nava.