A semana

Cirque du Soleil muda de mãos por R$ 3,7 bilhões

Cirque du Soleil muda de mãos por R$ 3,7 bilhões

Em 1984 o artista Guy Laliberte, então com 25 anos de idade, fundou o Cirque du Soleil – e ao longo de três décadas o transformou no mais fenomenal espetáculo circense do planeta, assistido por cerca de 140 milhões de pessoas a contar de sua criação até o início do ano passado. Na segunda-feira 20 esse império de entretenimento mudou de mãos numa transação de 1,5 bilhão de dólares canadenses (cerca de R$ 3,7 bilhões). As principais compradoras são a empresa de private equity americana TPG (60% das ações) e a companhia chinesa Fosun Capital (20%). Guy seguirá no circo como consultor criativo. “Fiz isso por razões estritamente pessoais. É o melhor para mim e minha família, e também para o futuro do Cirque Du Soleil” , disse Guy Laliberté.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago