Comportamento

Datas

Datas

Morre um dos pais da bossa nova

O pianista carioca Luís Carlos Vinhas, 61 anos, morreu na quarta-feira 22, no Rio de Janeiro, de complicações pós-operatórias. Ele se internou na clínica Interplástica para corrigir duas hérnias e se submeter a duas cirurgias estéticas. Após a operação, Vinhas sofreu uma parada cardiorrespiratória. A família acusou a clínica de ter demorado a socorrê-lo e o caso está sendo investigado pelo Conselho Regional de Medicina. A Interplástica foi interditada. Vinhas foi o fundador do antológico Bossa Três e é considerado um dos grandes expoentes da bossa nova.

Morreram

O astrofísico britânico Fred Hoyle. Ficou conhecido por dar o nome de Big-Bang à teoria que explicava que o universo surgira de uma grande explosão, tese que ele próprio via com ceticismo. Na Inglaterra, aos 86 anos, de causa não revelada. Na segunda-feira 20.

O escritor americano Peter Maas, autor do clássico Serpico, que conta a história real de um policial nova-iorquino honesto, Frank Serpico, que lutou contra a corrupção em seu departamento. Serpico foi levado ao cinema por Sidney Lumet, em 1973, e interpretado por Al Pacino. Nos EUA, aos 72 anos, de morte não revelada. Na quinta-feira 23.

Envolveu-se
 

em um acidente de carro o cantor Renner, da dupla sertaneja Rick e Renner. Ele perdeu o controle de sua BMW, chocou-se com uma moto e matou o casal que viajava nela. Renner sofreu escoriações no rosto. Em Santa Bárbara d’Oeste, em São Paulo. Na segunda-feira 20.

 

 Doping e drama da índia carajá

Fabiane dos Santos nasceu na tribo carajá do Mato Grosso. Há oito anos deixou o convívio dos índios e mudou-se para a Espanha. Lá, descobriu a sua paixão pelo atletismo. Cravou esse ano o segundo melhor tempo mundial nos 800 metros. A sua carreira está agora ameaçada. Ficou comprovado que em maio ela fez uso de anabolizante no Meeting de Atletismo do Rio de Janeiro. É a segunda vez que é pega no antidoping. Na quarta-feira 22 ela admitiu que tentou o suicídio duas vezes após saber que será punida – a Federação Internacional de Atletismo decide até outubro se a atleta será banida do esporte. Na última tentativa de se matar, Fabiane, que vive em Madri, ingeriu veneno de rato. “Se eu não posso competir, do que vou viver? Como vou criar minha filha?”, disse ela

Veja também

+ Toyota Corolla Cross é SUV do Corolla para brigar com Jeep Compass e cia; confira imagens oficias
+ Robert De Niro reduz limite do cartão da ex-mulher e diz que coronavírus implodiu suas finanças
+ Maria Zilda relembra como soube que Ary Fontoura era gay: “A coisa mais incrível que já ouvi”
+ Rafa Kalimann ensina receita de palha italiana; veja o vídeo
+ Juliana Caetano, do Bonde do Forró, fala sobre proposta de 500 mil reais que recebeu
+ MasterChef estreia sem "supercampeão" e cheio de mudanças
+ Gafanhotos: cidade na Bahia enfrenta invasão de insetos
+ Coronel da PM diz que Bolsonaro é ‘falastrão’ e renuncia à entidade de Oficiais
+ A “primavera das bikes” pós-pandemia vai chegar ao Brasil?
+ Tubarão-martelo morde foil de Michel Bourez no Tahiti. VÍDEO
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Saiba em quais lugares o contágio pelo novo coronavírus pode ser maior