Economia

3M frustra com queda no lucro e vendas e anuncia corte de projeções no ano

3M frustra com queda no lucro e vendas e anuncia corte de projeções no ano

A 3M informou hoje que apresentou lucro líquido de US$ 891 milhões no primeiro trimestre deste ano, acima dos US$ 602 milhões registrados em igual período do ano anterior, com o lucro por ação em alta de US$ 0,98 a US$ 1,51 no período, equivalente a um crescimento de 54,1% na comparação anual.

O lucro por ação ajustado, no entanto, frustrou as expectativas de analistas ouvidos pela FactSet ao cair a US$ 2,23, abaixo da previsão de US$ 2,49 e do registrado em igual período do ano passado, quando o resultado havia sido de US$ 2,50.

As vendas da 3M no primeiro trimestre de 2019 apresentaram queda de 5%, de US$ 8,28 bilhões no período em 2018 a US$ 7,86 bilhões, também abaixo da expectativa de US$ 8,03 bilhões.

Para 2019, a 3M também cortou suas projeções de lucro por ação ajustado da faixa entre US$ 10,45 e US$ 10,90 para entre US$ 9,25 e US$ 9,75. “Continuamos a enfrentar condições de desaceleração nos principais mercados finais que impactaram tanto o crescimento orgânico quanto as margens, e nossa execução operacional também ficou aquém das expectativas que temos para nós mesmos”, afirmou o executivo-chefe da 3M, Mike Roman.

A empresa anunciou, ainda, que iniciou ações de reestruturação, incluindo o corte de duas mil vagas de trabalho, em um esforço para economizar entre US$ 225 milhões e US$ 250 milhões por ano.

Às 8h14 (de Brasília), a ação da 3M despencava 9,17% no pré-mercado em Nova York. (Com Dow Jones Newswires)