Gente

Bola fora

Na semana do lançamento do Plano Nacional de Segurança Pública, batizado de "Brasil diz não à violência", o Palácio do Planalto comeu a maior mosca.

Estava em Brasília, participando de um seminário para a paz no planeta, Arun Gandhi, neto de Mahatma Gandhi, que lutou de maneira pacífica pela independência da Índia que estava sob controle dos ingleses. Os organizadores do evento tentaram levar Gandhi para um encontro com Fernando Henrique Cardoso mas a agenda do presidente estava cheia, na quarta-feira 21. Além de ser neto de quem é, Arun preside o Instituto Gandhi para a Não-Violência em Nova York e é autor de seis livros sobre o assunto.