Edição nº2602 08/11 Ver edições anteriores

Perfil do ex

O portal da Presidência da República mantém uma descrição do governo Collor que colide com o “atestado de bons antecedentes” que ele recebeu do STF

Brasil
Perfil do ex

O portal da Presidência da República mantém uma descrição do governo Collor que colide com o “atestado de bons antecedentes” que ele recebeu do STF na quinta-feira 24. Dez dias após o Supremo livrá-lo das acusações de peculato, corrupção passiva e falsidade ideológica (os dois últimos crimes já prescritos), o site oficial diz que o ex-presidente está vinculado a um governo com “escândalos de corrupção” e que ele deixou o cargo sob o clima do impeachment.

BOE-ABRE-IE-2319.jpg 

Eleição
Olhos abertos

A ONG “Voto Consciente”, que se notabilizou por fiscalizar os parlamentos municipais e estadual de São Paulo e pregar a transparência nos atos públicos, amplia horizontes e está sob nova direção. A diretora-geral, Ivone Rocha, professora e pesquisadora em políticas públicas, revela que a entidade buscará, nos próximos dois anos, atuar em prol de um diálogo melhor entre parlamentares e a juventude. “Essa comunicação ajudará os cidadãos na hora de votar.”

Política
Com limite

Presidente do Conselho de Ética da Câmara, o deputado Ricardo Izar (PSD-SP) defende que a Corregedoria Parlamentar obedeça
a prazos para emitir pareceres. “Temos 90 dias, mas eles não. Sem tempo a cumprir, hibernam no órgão denúncias como as que foram feitas contra os deputados Marco Feliciano e Gabriel Chalita, irritando a sociedade.” Tudo no Legislativo, para Izar, deveria seguir prazos, inclusive as votações de projetos de lei e de acordos internacionais.

BOE-02-IE-2319.jpg 

Igreja
Na pauta

A questão da terra em debate na 52ª Assembleia-Geral da CNBB, que começou na quarta-feira 30 em Aparecida (SP), não é nova entre bispos católicos. Em 1980, o tema também foi analisado.
À época, nem uma palavra sobre os quilombolas. Agora será diferente. No governo federal há cerca de três mil pedidos
de reconhecimento de área para afrodescendentes.

Arte
Rio no braço

Ganhador do “Watchmaking Grand Prix”, em 2013, o Oscar dos criadores de relógio, pelo Logical One (primeiro relógio do mundo em que se dá corda só apertando um botão), Romain Gauthier vai lançar uma coleção colorida inspirada em motivos tropicais criada pelas mãos da artista plástica carioca Kakau Hofke. Aliás, o empresário tem ligações afetivas com o nosso país: é casado com a advogada brasileira Ana Gauthier Barreto Vianna.

BOE-03-IE-2319.jpg 

RJ
Quatro décadas

Francisco Dornelles volta de Paris na segunda-feira 5 com plano de não disputar mandato legislativo em outubro (já avisou Sérgio
Cabral que não concorrerá ao Senado). Materializado o desejo, como tudo faz crer, o presidente de honra do PP, 79 anos, encerrará uma atividade pública iniciada em 1970 como assessor
de Delfim Netto. Esteve por 28 anos no Legislativo – 20 como deputado e oito como senador.

Brasília
E o prazo?

Relator do caso André ­Vargas (sem partido – PR) no Conselho de Ética da Câmara, o deputado Júlio Delgado (PSB-MG) não acredita em veredito rápido para o enrolado colega paranaense envolvido com o doleiro Alberto Youssef. Segundo ele, no plenário,
a decisão ocorrerá “pouco antes das eleições de outubro”. Entre os entraves, o recesso branco na Copa do Mundo, as férias parlamentares de julho e a ­demora na votação do ­parecer feito no início das investigações, no ­Conselho de Ética. 

STJ 1
Rocha X Benjamin

Nas câmeras da TV Justiça, brasileiros já viram várias togas do STF se estranharem. Fora do ar, brigas também existem. Na posse do ministro Humberto Martins no Conselho da Justiça Federal, o ex-presidente do STJ Cesar Asfor Rocha, indignado com o tititi de que o seu filho (o advogado Caio Rocha) fez campanha por um candidato a integrar o STJ, foi direto ao ministro Herman Benjamin: “Lave a boca quando falar de meu nome por aí.” O acusado negou o que lhe foi atribuído e estendeu a mão para um cumprimento. Rocha retrucou: “Nunca mais fale comigo.”

BOE-04-IE-2319.jpg

STJ 2
Seu passaporte

Em determinado momento do ríspido diálogo, Cesar Asfor lembrou a Benjamin que o ajudara a virar ministro, em 2006. O entrevero ocorreu diante de perplexa plateia.

Meio Ambiente 1
Olho na estrada

Batizado de “urubu mobile”, um aplicativo criado na Universidade de Lavras (MG) permitirá o monitoramento da fauna atropelada no Brasil. Disponível inicialmente para aparelhos com Android, a ideia é simples: ao ver um animal atropelado, o usuário clica a cena e manda a imagem pelo celular. O registro será analisado por cinco especialistas, que montarão um banco de dados útil mapeando os locais mais perigosos e sugerindo medidas de conservação para as espécies.

Meio Ambiente 2
Efeito imediato

Para se ter ideia do problema, por ano, 450 milhões de animais silvestres são mortos, em 1,7 milhão de quilômetros de estradas brasileiras – principalmente a onça-pintada e o tamanduá-bandeira. Com o aplicativo financiado pela Fundação Grupo Boticário espera-se salvar uns 30 milhões de animais, a cada 12 meses.

Religião
Pelas barbas do profeta

Fim do mistério em torno da crescente barba de Edir Macedo. Os seus fios brancos permanecerão no rosto até a inauguração do megassantuário da Igreja Universal, com capacidade para dez mil pessoas. A obra no Brás, São Paulo, tem previsão de abertura em junho. O bispo quis ficar à semelhança do Rei Davi, por ter sido o profeta quem edificou o Templo de Salomão, aliás, o nome com que a denominação batizará sua nova sede no Brasil.

BOE-05-IE-2319.jpg

SUS
Pente-fino

Tal como fez em relação ao ensino médio,
o TCU vai auditar políticas públicas na área da saúde, em parceria com 30 cortes de Contas de Estados e Municípios. Em reunião com membros do Ministério Público Federal, do Congresso Nacional e ministros do tribunal, ficou acordado que um foco da auditoria é descobrir por que o SUS demora a tratar pacientes com câncer, já que é obrigado por lei a atender os doentes em até 60 dias contados do diagnóstico da doença.

MPB
De filho para pai

Entre as comemorações do centenário de Dorival Caymmi, uma será bem especial. No dia 22 de maio, na Miranda, casa de shows localizada às margens da Lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul carioca, haverá apresentação única do show “Mar de Algodão”. Do primeiro ao último acorde, canções praieiras do compositor baiano, com Danilo Caymmi, Olívia & Francis Hime, sob a direção de Flávio Marinho. Em tempo: “Algodão” foi o apelido que o filho Danilo deu ao pai, numa referência à sua histórica cabeleira branca…

BOE-06-IE-2319.jpg

 


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.