A semana

Os EUA sob temporais e tornados

Os EUA sob temporais e tornados

Em meio a uma transmissão ao vivo de tevê no Mississippi, sobre a previsão das fortes tempestades e enchentes que seguirão a castigar os EUA nos próximos dias, o apresentador repentinamente olha para a janela à sua esquerda e manda todos que estão no estúdio correrem para o porão. Era quarta-feira 30, e mais um tornado entre os tantos que varreram o país girava perto da emissora. Nesse dia os americanos já tinham a triste contagem de seis Estados fortemente abalados, pelo menos 40 mortos e cerca de 75 milhões de pessoas afetadas pelos ventos e temporais que começaram uma semana antes. Não bastasse isso, na quinta-feira os EUA já tinham certeza da correção das previsões do “homem do tempo” da tevê do Mississippi e das registradas pelos avançados sistemas tecnológicos do serviço meteorológico Nacional Corey Mead: as tempestades se tornarão ainda mais intensas e, com elas, haverá mais inundações e novos tornados.