Em Cartaz

Sol da liberdade

com Daniela Mercury (BMG)

Ao introduzir um trio elétrico tecno no Carnaval da Bahia, Daniela Mercury sinalizou um namoro com os ritmos eletrônicos. Não foi desta vez, porém, que a cantora e compositora baiana radicalizou na inusitada mistura de batuques. No seu novo álbum, o sexto da carreira, continua reinando o samba reggae como ela gaba-se na faixa de abertura, em refrão dividido com Milton Nascimento. Amparada no baticum de sempre, Daniela conquista com Ilê pérola negra e Santa Helena, no funk à maneira de Fernanda Abreu, Itapuã @no 2000, e no afropop Dara. Mais que uma clubber de abadá, contudo, Daniela parece querer mesmo é virar musa internacional. Boa sorte. (I.C.)
Ouça com atenção