Seu bolso

Como escolher a escola dos filhos

Cursos extracurriculares e equipamentos tecnológicos são os novos atrativos das instituições de ensino. Descubra como fazer a escolha certa sem prejudicar o orçamento

Como escolher a escola dos filhos

Como escolher a escola dos filhos


Está dada a largada para os pais escolherem a escola dos filhos ou renovarem a matrícula para o ano que vem. Especialistas dizem que as despesas com a educação não devem ultrapassar o limite de 30% do orçamento familiar. Como os primeiros gastos costumam ser mais pesados, é recomendável verificar se a escola oferece desconto para pagamentos antecipados ou para irmãos.

+ Kate Middleton sofreu bullying na escola, diz biógrafa
+ Mais da metade dos LGBTQI europeus sofre assédio na escola
+ Afinal, devo mandar meu filho para a escola de Educação Infantil agora?

De acordo com o Procon, além da taxa de matrícula outras despesas devem ser consideradas, como o valor do uniforme, cursos extras e refeições. Para o professor Luiz Jurandir Simões, da Faculdade de Economia e Administração da USP, os pais devem ter em mente que equipamentos tecnológicos e atividades fora do currículo tradicional não significam necessariamente maior qualidade de ensino. “É preciso selecionar uma escola com mensalidades que caibam no bolso e estar preparado para os gastos extras”, afirma. A dica dos especialistas é aproveitar todas as atividades que a escola oferece, sem ter que recorrer a cursos adicionais. A seguir, saiba como preparar o orçamento para a educação dos filhos.

1.jpg
2.jpg
3.jpg
4.jpg

* Fontes: Luiz Jurandir Simões, professor da Faculdade de Economia e Administração da USP e Procon-SP
Ilustração: Ivan Frare