Em Cartaz

Rigoletto

(Theatro Municipal, São Paulo, dias 19, 21, 22, 24, 25 e 26)

Encabeçada pelo conceituado barítono espanhol Juan Pons no papel do célebre bufão, a montagem da ópera em três atos de Giuseppe Verdi conta com cenários e figurinos do Teatro Municipal de Santiago do Chile e direção musical e regência a cargo do maestro Isaac Karabtchevsky. A trágica história do corcunda e bobo da corte – que perde a adorada filha Gilda, defendida pela soprano coreana Sumi Jo, numa trama de sedução e vingança – é uma das óperas mais populares de Verdi. Entre seus trechos antológicos estão o magistral quarteto vocal do último ato e a ária La donna è mobile. A reunião de todos estes atrativos promete uma autêntica noite de gala (I.C.)
VALE A PENA