Brasil

Boiada no parque

MST leva para a cidade mais de 500 cabeças de gado de uma fazenda invadida no Paraná

A estratégia de invadir, ocupar e produzir, tradicionalmente adotada pelo MST, acaba de ganhar uma faceta inusitada no centrão do Paraná. Como reflexo do recrudescimento dos conflitos agrários na região, na semana passada o MST retirou de uma fazenda invadida 567 cabeças de gado e, depois de percorrer 35 quilômetros com os animais, soltou-os no parque de exposições da cidade de Ivaiporã. Em seguida, avisou que se o dono da fazenda não retirar o resto do rebanho até o final do mês, as cercas da propriedade serão derrubadas para que o gado se espalhe pelas estradas. Com o protesto e as ameaças, o MST pretende pressionar o Incra e o governo do Paraná a assentarem as quase 700 famílias que, desde abril de 1997, ocuparam a Fazenda Corumbataí. Conhecida como Sete Mil, devido a suas antigas dimensões, a propriedade tem vocação pecuária e hoje soma 5,8 mil alqueires, o que equivale a 14 mil hectares. "Só posso aguardar uma solução pacífica para o impasse, mas jamais vou desistir da fazenda, que é produtiva e foi comprada com o produto de meu trabalho, há mais de 40 anos", afirma o dono da Sete Mil, Flávio Pinho de Almeida.

Embora tenha o mandado de reintegração de posse de suas terras, desde a época da invasão Pinho de Almeida não pode entrar na Sete Mil, onde ainda tem mais de quatro mil cabeças de nelore. Em contrapartida, os sem-terra afirmam estar dispostos a resistir a qualquer tentativa de desocupação e consideram o gado um risco às plantações que pretendem começar em agosto. Para marcar posição, acenam com outra ameaça, que já foi adotada em outras ocasiões pelo MST: a invasão de prefeituras. No caso, as sedes da administração de Ivaiporã e das cidades vizinhas Jardim Alegre e Godoy Moreira, que também abrigam terras da Sete Mil. "É bom que os governantes saibam que a palavra despejo não faz parte do nosso dicionário", ameaçou um dos coordenadores regionais do MST, Vilmar da Silva, durante protesto promovido em frente ao parque de exposições de Ivaiporã.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel