A semana

A fumaça do pânico

A fumaça do pânico

No campo administrativo e coletivo decretou-se “estado de emergência”. No campo das emoções individuais, onde tudo se sente e nada se decreta, o estado era de pânico geral. Assim viveram na semana passada os cerca de 46 mil habitantes da cidade catarinense de São Francisco do Sul. Motivo: a explosão de um galpão de fertilizantes que abrigava dez mil toneladas de nitrato de amônia. Uma área de dois quilômetros que circunda o armazém foi evacuada, mas, na verdade, quase metade da população preferiu deixar a cidade. A assustadora fumaça alcançou o município paranaense de Guaratuba e o litoral de São Paulo e foi controlada na manhã da sexta-feira 27.  A presidenta Dilma Rousseff determinou que a PF investigue o caso. 

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Honda apresenta a Rebel CMX1100 para bater de frente com a Harley-Davidson
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel