A semana

Soldado rato


O soldado inglês Nigel Horsley foi julgado e condenado a 140 dias de prisão por uma corte marcial da Grã-Bretanha. Ele torturou até a morte um hamster (ratinho de laboratório). O hamster pertencia a um colega de quarto do soldado e foi morto com requintes de crueldade. Depois de torturá-lo com um ferro quente de passar roupa, Horsley colocou o ratinho num forno de microondas. Na corte marcial o soldado declarou que teve de beber 11 litros de cerveja para adquirir coragem de se livrar do antipático bichinho de estimação de seu colega de quarto no quartel.

Veja também
+ Mãe de Eliza Samudio diz que Bruno não paga pensão e que filho do goleiro se sente culpado pelo crime
+ Atriz pornô é encontrada morta nos EUA
+ Influenciadora mexicana é assassinada em encontro falso
+ Baleia 'engole' pescador nos EUA e depois o cospe vivo
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Faustão é internado em hospital de SP
+ Após processar nora, mãe de Medina a acusa de ter destruído sua casa; veja fotos
+ Conheça a eficácia de cada vacina no combate à Covid-19
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio
+ Fondue de chocolate com frutas fácil de fazer
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Sucuris gigantes são flagradas em expedições de fotógrafos no MS