Gente

Os berços das artes

Na quinta-feira 8, o artista plástico argentino Guilhermo Kuitca, 38 anos, estrela-mor entre pintores argentinos contemporâneos, inaugurou exposição no Centro Hélio Oiticica,

Na quinta-feira 8, o artista plástico argentino Guilhermo Kuitca, 38 anos, estrela-mor entre pintores argentinos contemporâneos, inaugurou exposição no Centro Hélio Oiticica, no Rio de Janeiro. Desembarcou na cidade com uma bagagem nada convencional: 14 telas
e uma instalação com 48 camas, cujos colchões foram pintados com mapas e cartas geográficas do mundo inteiro.
Em 25 anos de carreira, camas e colchões têm sido objetos constantes na obra do artista, festejadíssima pela crítica na Documenta de Kassel, na Alemanha, em 1992. "Meu trabalho não tem caráter turístico", esclarece ele. "É a superfície onde o mundo descansa", filosofa.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel