Medicina & Bem-estar

Viva Bem

Viva Bem

Air bag nos ouvidos
Embora proteja de eventuais lesões em um acidente, o air bag pode ser prejudicial à audição. Foi o que apontou um estudo publicado na semana passada no British Medical Journal. De acordo com os pesquisadores, no momento em que o air bag infla, provoca um barulho entre 150 a 170 decibéis (o limite máximo é 90 decibéis), o que pode levar à perda de audição. Os cientistas afirmam que as vítimas, traumatizadas com o acidente, não associam a possível perda da audição com o barulho do air bag.

 

Colesterol e iogurte
Além de fortificar os ossos, o iogurte também diminui os níveis de colesterol no sangue. Pesquisadores americanos afirmam que quem come cerca de 200 gramas do alimento por dia pode ter o colesterol reduzido em até 3%. Pouco? Nem tanto. Esse número é capaz de diminuir bastante o risco de ter uma doença cardiovascular. Até agora, não se sabe exatamente como o iogurte baixa os níveis de colesterol, mas os cientistas acreditam que as bactérias do produto atuam no intestino, onde o colesterol é metabolizado.

 

Tomate contra o câncer
Um bom macarrão com molho de tomates frescos pode prevenir alguns tipos de câncer, afirmam especialistas da Escola de Medicina de Harvard, nos Estados Unidos. Segundo os pesquisadores, o tomate contém uma substância chamada licopene que retarda a degeneração das células. Tomates frescos e derivados podem proteger, portanto, de tumores no pulmão, estômago e mama.

 

Alívio na depressão
Para algumas pessoas, a terapia pode ajudar a aliviar os sintomas da depressão, sem precisar recorrer aos antidepressivos. De acordo com pesquisadores da Universidade de Pittsburg, nos Estados Unidos, a terapia tem os mesmos resultados do que os medicamentos. Boa notícia para quem não se sente bem com esses remédios.

 

Maconha é bom?
A ONU quer saber: maconha realmente pode trazer benefícios à saúde? Num relatório divulgado na semana passada pelo Comitê Internacional de Controle das Drogas, o órgão não defende a legalização da erva, mas sim estudos imparciais sobre seus benefícios. Até hoje, sabe-se que a maconha alivia náuseas decorrentes de tratamentos de câncer e Aids e outras doenças. A erva é a droga mais usada nos Estados Unidos, no Canadá e no México.

 

Viagra para os diabéticos
A famosa pílula azul pode também ser eficaz para diabéticos que têm a função erétil comprometida. Estudos preliminares haviam descartado a eficiência do Viagra nesses casos. Mas uma pesquisa realizada com 268 homens pela Universidade de Creighton, nos Estados Unidos, mostrou que 56% dos pacientes que tomaram Viagra tiveram melhora contra 10% dos que ingeriram placebo (pílula inócua). Mas em hipótese nenhuma se recomenda o uso do medicamento sem orientação médica.

Por Carla Gullo