Gente

O raposão e as uvas

Estranho...

O cineasta e dublê de articulista Arnaldo Jabor, 58 anos, gastou seu tempo para publicar suas reflexões sobre o bumbum da Feiticeira nua. Em sua coluna para jornais do Rio e de São Paulo, admite que comprou a Playboy para ver a moça. E, pasmem, jura que se decepcionou com o que viu. Para variar, ele tentou dar toques intelectualóides – “Ela é muito loura e rica para multidões de proletários sexuais” -, mas o cerne da questão aparece no trecho onde indaga: “Estou velho ou as uvas estão verdes. Folheio a revista em busca do desejo, mas nada acontece…” E terminou a alucinação aconselhando a moça a engordar e deixar crescer a celulite.

Veja também

+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Honda apresenta a Rebel CMX1100 para bater de frente com a Harley-Davidson
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel