A semana

Morre o médico e escritor Pedro Bloch

O médico, escritor e dramaturgo Pedro Bloch morreu de insuficiência pulmonar aguda na segunda-feira 23, aos 89 anos. no Rio de
Janeiro. Nascido na Ucrânia, Bloch veio para o Brasil em 1922 juntamente com seu primo Adolpho Bloch, fundador da revista Manchete. Foi um dos pioneiros no Brasil na área da fonoaudiologia: João Gilberto e Roberto Carlos estavam entre seus clientes. Escreveu mais de 100 livros, muitos infantis, e criou 30 peças de teatro. A mais famosa delas foi Dona Xepa, adaptada para a tevê por Gilberto Braga em 1977.