Mundo

Extremistas prometem novos ataques contra estrangeiros na Argélia

Balanço de mortos e feridos em sequestro ainda é incerto

Extremistas prometem novos ataques contra estrangeiros na Argélia

000_Par7442816.jpg

O grupo radical ligado à Al Qaeda que sequestrou centenas de funcionários em um campo de gás na Argélia avisou que realizará novos ataques contra estrangeiros no País. Os extremistas também afirmaram que ainda mantêm reféns no local. O ataque seria uma represália à ação de militares franceses contra extremistas islâmicos no vizinho Mali.

O exército argelino lançou nesta quinta-feira um assalto contra o comando no complexo de In Amenas. O ataque deixou mortos e feridos, embora nenhum número oficial tenha sido divulgado.

Alguns extremistas permaneciam entrincheirados nesta sexta-feira, informou uma fonte de segurança do país. "Ainda há um grupo entrincheirado" no complexo de In Amenas, 1.300 km a sudoeste de Argel, perto da fronteira com a Líbia, afirmou esta fonte à AFP, acrescentando que é "difícil falar de uma operação que está em andamento".

Segundo uma fonte de segurança argelina, o único balanço de mortos disponível é fantasioso. Um porta-voz dos terroristas, citado pela agência de notícias mauritana ANI, afirmou que a operação de quinta-feira provocou a morte de 49 pessoas (34 reféns e 15 sequestradores). Por sua parte, as autoridades afirmam apenas que o ataque deixou mortos, mas não falam em números.


+ Grávida do quinto filho, influenciadora morre aos 36 anos
+ Após assassinar a esposa, marido usou cartão da vítima para fazer compras e viajar com amante

Entre os sequestrados estão cidadãos de Reino Unido, França, Estados Unidos, Noruega, Romênia, Malásia, Japão e da própria Argélia. A nacionalidade dos terroristas não foi confirmada.

Um avião dos EUA pousou nesta sexta-feira em um aeroporto próximo ao complexo de gás no deserto na Argélia, supostamente para resgatar americanos que eram mantidos reféns. As autoridades argelinas ainda não confirmaram quantos funcionários foram libertados e quantos permanecem dentro das instalações do complexo.

Veja também

+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel