Edição nº2598 11/10 Ver edições anteriores

Pós-pena

Como desgraça pouca é bobagem, começa a tomar corpo nos gabinetes militares, em Brasília, o seguinte dilema:

Mensalão
Pós-pena

BOECHAT-ABRE-IE-2242.jpg

Como desgraça pouca é bobagem, começa a tomar corpo nos gabinetes militares, em Brasília, o seguinte dilema: os políticos condenados no mensalão poderão manter as condecorações que receberam das Forças Armadas? A situação mais delicada é a de José Genoino, que trabalhou no Ministério da Defesa, pasta pródiga em homenagens do gênero. Sua coleção inclui, entre outras, reluzentes medalhas do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.

Indústria
Mais verde

Palco da sétima edição da Olimpíada do Conhecimento, de 12 a 18 de novembro, São Paulo ganhará seis mil árvores nativas no rastro do evento. O número corresponde ao impacto ambiental da competição, durante a qual haverá a emissão de 980 toneladas de gases de efeito estufa. Cerca de 600 alunos do ensino profissional do Senai disputarão as provas. Ao longo de 24 meses, as árvores plantadas serão monitoradas.

São Paulo
Quis… e não teve

Independentemente do resultado da eleição no domingo 28, o eleitorado paulista deixou claro o desejo por alguém diferente no Palácio do Anhangabaú. José Serra entrou na disputa com uma taxa de rejeição de 40% e terminou com 52%, segundo o Datafolha. Haddad abriu a corrida com 40%, finalizando com 36%. A terceira via virou utopia, pelo menos nesse pleito.

Esporte
Elas adoram

BOECHAT-02-IE-2242.jpg

Surpreende o resultado de um estudo encomendado pela Olympikus ao DataFolha e ao Box 1824. Diante da pergunta: “De quais atividades esportivas você gosta, independentemente de praticá-las ou não?”, as mulheres responderam dança (54%) e vôlei (49%). Segundo ainda a sondagem, 81% dos homens exercem algum esporte regularmente, contra 55% das entrevistadas. A pesquisa “O Brasil que vive o esporte” ouviu 1,5 mil jovens (de 18 a 35 anos), em 96 cidades. Mais detalhes no www.obrasilqueviveoesporte.com.br.

Mídia
Longevidade

BOECHAT-01-IE-2242.jpg

Vai crescer o seleto grupo de jornais brasileiros centenários. O carioca Monitor Mercantil, cujo foco maior é o noticiário econômico, atingirá a histórica marca dia 26 de novembro. Até hoje, só 27 veículos atingiram a marca. Para festejar, o diário distribuirá um livro com os principais acontecimentos nas últimas décadas.

Pesquisa
Desenlace
Depois de 12 anos chegou ao fim a união entre a Confederação Nacional dos Transportes e o Instituto Sensus envolvendo uma série de pesquisas de satisfação do cidadão – e que em última análise também mediam a popularidade do governo. Como em relações maduras que se esgotam, o desenlace foi amigável.

Aviação
Pressão demais

“Falha humana” é o que constará no relatório da Aeronáutica como principal causa do acidente com o cargueiro MD11, da empresa americana Centurion, no Aeroporto de Viracopos, no sábado 14. A investigação está na fase inicial, mas o áudio dentro da cabine, já anexado ao processo, deixa claro que pneus estouraram por causa da forma abrupta como o piloto arremessou o cargueiro contra a pista paulista.

STJ
Solução criativa

BOECHAT-03-IE-2242.jpg

Com Gilson Dipp em delicado tratamento médico, o STJ trocou na quarta-feira 24 o seu vice-presidente. O Regimento Interno diz que o mais antigo ministro é nomeado em situações assim. No caso, Ari Pargendler. Mas decidiu-se no Gabinete da Presidência favorecer quem está há mais tempo na corte, abaixo de Dipp. Então, Eliana Calmon. A leitura inusitada pode trazer ares de “Avenida Brasil” ao STJ, quando Pargendler voltar de férias.

TSE
Luz na audiência

BOECHAT-04-IE-2242.jpg

Quem enxerga por entrelinhas notou que a ministra Nancy Andrighi andou incomodada com a deputada federal Rose de Freitas (PMDB-ES).  Interessada no processo de impugnação do prefeito eleito de Iúna (ES), Rogério Cruz (PDT), a parlamentar quis conversar com a magistrada. Relatora do caso no TSE e avessa a qualquer tipo de “embargo político auricular”, Nancy fez constar no acompanhamento processual o pedido de visita ocorrido, aliás, no dia 11,
às 18h40.

Brasil
Efeito PIB

Faltando cerca de dois meses para o ano acabar, o que se diz na área econômica do governo é que o volume de empréstimos do BNDES este ano será menor do que em 2011. De janeiro a dezembro, o banco liberará algo em torno de R$ 137 bilhões – 20% inferior ao ano passado. E olha que em alguns casos a taxa cobrada foi de 2,5% ao ano. O segmento de bens e equipamentos será o maior tomador de crédito na instituição em 2012.

Partido
Avanço feminino

O PP reunirá seu Diretório Nacional no mês que vem para avaliar o desempenho nas eleições deste ano. Os pepistas estão felizes com as pepistas. De 40 vereadoras vitoriosas em 2008, agora serão 80. Há quatro anos, apenas uma filiada conquistou uma prefeitura. O número subiu para três em 2012. Em Brasília será feita homenagem a Jayana da Silva, 18 anos, a mais jovem vereadora eleita pelo partido no País.

Agricultura
Dando cabeçada

Acabou em pizza uma reunião em Brasília, na quarta-feira 24, entre representantes do governo e da iniciativa privada, para definir um novo selo SIF – que atesta ter um produto de origem animal passado por fiscalização, antes de ser comercializado no varejo. Pode parecer loucura – e é. O Brasil tem 18 tipos de selos SIF e desde 2008 se discute a adoção de um modelo único. Até aqui, a burocracia prevaleceu sobre o bom-senso.

Justiça
Benfeito!

A 5ª Turma Cível do Tribunal de Justiça de Brasília acaba de negar indenização ao dono de um pit bull, que reclamava que a cirurgia que mandou fazer nas orelhas do seu cachorro deu errado. O Judiciário entendeu que a operação foi na verdade uma mutilação. O proprietário quis levantar as orelhas do animal, para ele parecer mais feroz.

Rodovias
Ponto de relax

A Agência Nacional de Transportes Terrestres incluiu no edital da BR-116 a obrigatoriedade de a vencedora construir pontos de descanso para caminhoneiros, a cada 200 km. Na Rio-Bahia  serão quatro. A iniciativa valerá para todas as estradas incluídas no Plano Nacional de Logística.

Meio ambiente
Voa, passarinho

BOECHAT-05-IE-2242.jpg

Uma nova espécie de ave foi descoberta no Brasil. Trata-se do “Cinclodes espinhacensis”. Seu habitat natural é a Serra do Cipó, em Minas Gerais. Com cauda longa e asas compridas em tom marrom-chocolate, ele lembra o conhecido joão-de-barro. Os pesquisadores da UFMG que acharam o passarinho já deram a ele um nome popular: pedreiro-do-espinhaço. O trabalho de pesquisa contou com recursos da Fundação Grupo Boticário.

Fotos: Roberto Castro/Ag. ISTOE; shutterstock; Nelson Jr./ASICS/TSE; RENATO ARAUJO/ABr; Guilherme Freitas 


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.