Seu bolso

Como transferir o financiamento de imóveis

Medida do governo facilita a portabilidade de crédito imobiliário. Descubra como realizar a operação e saiba quando o benefício vale a pena

Como transferir o financiamento de imóveis

Chamada.jpg

Financiar a compra de uma casa ou de um apartamento é um processo que costuma levar anos. Para ampliar o leque de opções dos compradores, desde 2006 o Banco Central oferece a portabilidade do financiamento imobiliário. Mas foi apenas recentemente que o benefício se tornou mais acessível, com a redução de até 60% das despesas com cartório. “Transferir o financiamento do imóvel para outra instituição financeira faz a dívida diminuir e ensina o consumidor a ter mais controle sobre as parcelas”, afirma Marcelo Prata, presidente do Canal do Crédito. Não se trata, porém, de uma simples mudança. O economista do Secovi-SP Celso Petrucci faz algumas ressalvas. “Para saber se a portabilidade valerá a pena ou não, é preciso observar o prazo remanescente da dívida, o saldo devedor e a diferença na taxa de juros”, diz o economista. Abaixo, entenda como funciona a transferência do crédito habitacional.

IEpag166e167_Bolso-1.jpg

2.jpg

3.jpg

4.jpg

Arte: Fernando Brum