Em Cartaz

Retrato de um país em convulsão

Enviado por ISTOÉ para registrar a guerra civil na Síria, o jornalista Klester Cavalcanti foi preso e torturado pelas tropas do governo

Retrato de um país em convulsão

CARTAZ-03-IE.jpg

Enviado por ISTOÉ para registrar a guerra civil na Síria, o jornalista Klester Cavalcanti foi preso e torturado pelas tropas do governo. Nos seis dias em que ficou numa cela com mais 20 detentos, fez amizades e ouviu as suas histórias trágicas. Os relatos – e a sua experiência – foram reunidos em “Dias de Inferno na Síria” (Benvirá), livro em que descreve as entranhas do conflito.

CARTAZ-04-IE.jpg