Cultura

O avanço da Record

Emissora já chega ao topo no Ibope, compra a transmissão das Olimpíadas de 2012 e incomoda de perto a Rede Globo

O avanço da Record

Divulgação - Eduardo Nunes/tv record -  Divulgação

VITÓRIA A apresentadora Ana Hickmann e Vidas opostas (acima) já bateram a Globo. Luz do sol (à dir.) é a nova aposta


A Rede Record faz valer cada vez mais o slogan que criou para si – “A caminho da liderança.” E ganha terreno em todas as áreas tradicionalmente dominadas e capitaneadas pela Rede Globo, aprontando-se para virar o jogo. Prova disso é que os bons resultados da Record em audiência deixaram de ser isolados e o primeiro lugar no Ibope já tem sido freqüente, como é o caso do programa Hoje em dia, levado ao ar diariamente entre oito e meia da manhã e meio-dia: a loiríssima Ana Hickmann, uma das âncoras desse programa, esteve na liderança no início da semana passada durante 53 minutos e, em outros 45 minutos, permaneceu empatada com Ana Maria Braga e Xuxa, ambas da Globo. Mais que isso. A escalada da emissora que promete cobrir em maio a vinda do papa Bento XVI ao Brasil não tem um horário cravado: inclui as manhãs com o jornal Fala Brasil, as tardes com O melhor do Brasil e as noites com a novela Vidas opostas seguida pelo Repórter Record. Na madrugada, a emissora ganha pontos com os filmes exibidos em Cine Maior e Supertela.

O avanço se dá, assim, em diversas frentes. No esporte, com a compra recente da Rede Guaíba, do Rio Grande do Sul (proprietária de uma emissora de rádio e de um jornal), a Rede Record assumiu o controle do Campeonato Gaúcho de Futebol – que se junta aos campeonatos baiano e catarinense. Ela ficará também com o Brasileirão de 2009, uma vez que a sua oferta de R$ 500 milhões é quase o dobro da quantia oferecida pela Rede Globo. Além disso, ganhou a exclusividade de transmissão dos Jogos Olímpicos de Inverno, no Canadá em 2010, e das Olimpíadas de Londres, em 2012, desembolsando algo em torno de R$ 60 milhões. No jornalismo, comenta-se que o assédio a profissionais globais passou por ofertas de até cinco vezes o salário que eles ganham atualmente. No terreno das novelas, a Record vem se destacando desde o remake de A escrava Isaura e agora acaba de colocar no ar Luz do sol, rodada no Rio de Janeiro com os ex-globais Paloma Duarte e Floriano Peixoto.

Enriquecer o cast das novelas é outro dos objetivos, e os atores Antonio Fagundes e Fernanda Montenegro estão entre os mais cortejados. A primeira-dama do teatro confirma o convite: “A Record me procura calorosamente, mas também tenho convite da Globo. Não se falou em valores em nenhum dos casos.” Na verdade, ela nunca ficou na Globo mais que o tempo de duração de uma novela porque prefere manter o controle de sua vida e não se ver subordinada a um calendário de programação. “Não faço leilão de minha pessoa, apenas mantenho o ano todo tomado com trabalhos em cinema e teatro”, diz Fernanda Montenegro. Ela diz, e a Record é só ouvidos.