Ediçao Da Semana

Nº 2742 - 12/08/22 Leia mais

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, numa decisão inédita, condenou a prefeitura a indenizar em R$ 30 mil a família de uma garota que morreu de dengue em 2002. Segundo a Justiça, houve omissão do poder público no combate à doença. Naquele ano, a epidemia matou 64 pessoas. Os números de 2008 são igualmentre assustadores. Entre janeiro e março registraram-se mais de 32 mil casos – e 47 mortes no Rio de Janeiro. Há médicos querendo processar a prefeitura, o Estado e a União pelo que chamam de “crime sanitário” e “inoperância” contra a epidemia.